War Thunder background

O AMX-40 é um protótipo francês desenvolvido nos anos 80 baseado no AMX-30. Apesar do projeto falhar em encontrar compradores, o AMX-40 vai estar disponível em abundância na atualização 1.79 Project X!  

Em suma: O topo da linha francesa vai expandir a linha dos AMX. O AMX-40 é muito rápido, tem um canhão de 120 mm e um autocanhão antiaéreo de 20 mm, e um excelente estabilizador.

History

O desenvolvimento do AMX-40 começou como um projeto p´roprio da empresa francesa GIAT no inicio dos anos 80, com objetivo de criar um novo veículo de exportação, em antecipação à procura de equipamento militar por parte dos países do médio oriente. Os engenheiros da GIAT decidiram basear o novo veículo no AMX-32, que era por si só uma versão de exportação do AMX-30. No entanto, quando comparado com os seus predecessores, o AMX-40 tinha muito melhor poder de fogo e proteção. Como verdadeiro tanque do pós-guerra, o AMX-40 recebeu um estabilizador em dois planos para o seu canhão de alma lisa de 120 mm. Embora a torre e canhão fossem adoptados do AMX-32, o aumento da massa proveniente dos novos componentes levou a que o casco tivesse de ser redesenhado por completo. O trabalho no primeiro protótipo estava quase concluído em 1983, e o veículo foi mostrado pela primeira vez na exibição Eurosatory no mesmo ano. Após testes em 1984, dois protótipos foram posteriormente construídos, e equipados com melhoramentos em relação ao primeiro. Nesta altura, o Ministério da Defesa Francês tinha começado a apoiar o promissor projeto e a GIAT transferiu todos os três protótipos para avaliação pelas tropas. Um quarto e último protótipo foi construído em 1985. Cada protótipo era único em vários aspetos, principalmente na propulsão. No final dos anos 80, o desenvolvimento do veículo estagnou devido à alteração do foco da prioridade de desenvolvimento para marketing, num esforço de encontrar compradores no estrangeiro. Apesar dos melhores esforços da França de tentar vender o veículo, mostrando mesmo as suas capacidades numa competição em 1986 na Arábia Saudita, não foram encontrados compradores. A Espanha foi o único país a mostrar interessa em comprar o AMX-40, mas no final não acabou por comprar. Após não encontrar compradores, o interesse doméstico também caiu, resultando no encerramento do projeto em 1990. Por fim, os únicos protótipos do AMX-40 podem ser apenas considerados como desenhos de transição, preenchendo uma lacuna entre duas gerações de carros de combate franceses, nomeadamente entre os AMX-30 e o Leclerc.

image
image

Nós escolhemos introduzir o quarto e último protótipo do AMX-40 ao War Thunder no nível VI das forças terrestres francesas. À primeira vista, este veículo é muito similar ao AMX-30. Isto não é surpresa nenhuma, pois o AMX-40 é essencialmente um desenvolvimento do seu primo. Com isso em mente, os tanqueiros que já conhecem o AMX-30 terão uma boa ideia do desempenho do novo blindado, boa mobilidade e poder de fogo, certo? Certo, ou quase, de facto é muito melhor que isso! Se pensar que o AMX-30 com o seu motor de 700 cavalos é móvel, então não viu nada ainda! Segure-se para os 1300 cavalos do motor a diesel V12X capaz de acelerar o AMX-40 até velocidades de 70 km/h em estrada, mantendo os 40 km/h em terreno irregular.

Então como é que o AMX-40 lida com os tiros inimigos? As especificações conhecidas acerca da sua proteção indicam que consegue aguentar munições de 76 mm de RPG-7 na frente. Nós não possuímos toda a informação acerca da sua blindagem, pelo que a versão do jogo foi reconstruida com base num número de fotos e medidas efetuadas no Museu do Samur. No jogo, a blindagem consiste num desenho de dois blocos na torre e mantlet, e combina blindagem espaçada na frente do casco. É difícil dizer que tal blindagem é fiável - parece que apenas tem proteção contra munições de baixo calibre (76-90 mm) ou HEAT com penetração até 300 mm. Mesmo assim, deverá proteger o blindado contra autocanhões, munições HE e bombas.

image
image

A excelente mobilidade é uma coisa, mas excelente poder de fogo é outra, e o AMX-40 também oferece isso. Ele está equipado com um canhão francês que consegue disparar munições HEAT e APFSDS com penetração suficiente para derrotar qualquer alvo no campo de batalha. Com um canhão antiaéreo de 20 mm, vai poder defender-se de aeronaves e principalmente de carros ligeiros. Mais, o AMX-40 oferece algo que nenhum outro veículo francês oferece - estabilizador de dois planos. Graças a isto, os comandantes poderão avançar e aproveitar a sua mobilidade ao máximo.

Não se esqueça de começar já a pesquisar o topo da linha francesa, pois o AMX-40 está a chegar já na próxima atualização 1.79. Continue de olhos postos nas notícias!


Mais devblogs


A Equipe War Thunder

Ler mais:
RN Bolzano: O Último Cruzador
  • 18 março 2024
Imperial Flagship: SMS Baden
AH-1W Super Cobra
Veículo de Esquadrão: F-5E FCU