War Thunder background
P-51H Mustang
Atenção! Esta notícia foi publicada na versão antiga da página. Pode haver problemas com a mostragem da mesma em certas versões do navegador.

Wallpaper: 1280x1024 | 1920x1080 | 2560x1440

A variante H do famoso P-51 foi a mais tecnologicamente avançada modificação produzida. Embora esta versão do lendário caça a pistão chegasse demasiado tarde para tomar parte nas hostilidades da guerra, os pilotos do War Thunder poderão em breve subir aos céus com o melhor Mustang de sempre na atualização 1.71 Nova ERA!  ​

História

No inicio de 1945, engenheiros norte americanos começaram testando uma nova modificação leve do P-51 Mustang, que prometia um significativo aumento do desempenho comparado com o padrão P-51D. O novo P-51H, como seria designado, recebeu várias alterações na fuselagem e unidade de energia, permitindo ultrapassar a mais antiga modificação D em quase todos os aspetos. Para novatos, os engenheiros substituíram o antigo motor de 1315 cavalos Packard V-1650-7 com o novo V-1650-9, capaz de dar 2220 com WEP. Mais, a fuselagem foi encurtada e a entrada de ar abaixo do cockpit colocada em linha. Novas barbatanas foram instaladas e a altura da cauda foi aumentada, tudo resultando num impacto positivo na estabilidade de voo do avião. Assim que todas as alterações foram aplicadas, o novo e melhorado P-51H decolou ao céus para o voo inaugural a 3 de Fevereiro de 1945.

O Exército dos USA, satisfeito pelo desempenho do novo avião, rapidamente ordenou a produção de 2000 caças P-51H. Estes novos Mustangs foram destinados a complementar os P-47N Thunderbolt para a planeada invasão das ilhas japonesas. O primeiro conjunto de cerca de 220 P-51H alcançou a linha da frente no final de Julho de 1945, com mais 330 a chegar em Setembro. No entanto, com o final da guerra e a rendição do Japão em 2 de Setembro d 1942, também acabou a demanda pelos P-51H. Com o cancelamento da invasão do Japão, o exército acabou por não ter como usar quaisquer aviões adicionais, sendo cancelada a produção dos restantes P-51H. Aproximadamente 550 P-51H que foram usados pela USAF permaneceram em serviço até ao inicio dos anos 50, após serem entregues a unidades de reserva da Guarda Nacional.



No War Thunder, o muito esperado P-51H estará no quarto nível da árvore de aviação norte americana na próxima atualização. Aí, vai providenciar aos pilotos do War Thunder uma verdadeira beleza enquanto os prepara para a era dos jatos! A sua leve fuselagem e potentíssimo motor em linha permitem ao avião alcançar velocidades de 760 km/h a 6500 m. A perda de massa, comparada com os modelos anteriores, melhoraram a capacidade de resposta do P-51H, permitindo subir mais e virar mais rapidamente. 



O P-51H tem melhor desempenho a médias e elevadas altitudes, onde pode aproveitar o máximo do seu avançado supercharger. Dito isto, os jogadores deverão investir o seu tempo a subir antes de entrar em combate. Embora o P-51H demore menos tempo a chegar às elevadas altitudes que os modelos contemporâneos do eixo, assegurar a superioridade em altitude garantirá a vantagem. Tal como os modelos anteriores, o avião é muito bom em Boom and Zoom, onde pode aproveitar a máxima vantagem da elevada velocidade e aceleração de forma a apanhar o seu oponente desprevenido e desfaze-lo com uma rajada de .50. Os fãs de ataque ao solo também vão ficar satisfeitos, o P-51H possui uma vasta seleção de bombas e rockets de vários modelos e dimensões.

Em breve todos os jogadores do War Thunder poderão pilotar o mais rápido avião a pistão norte americano jamais construído na atualização 1.71 Nova ERA!


Devblogs anteriores:


A Equipe War Thunder

Ler mais:
Veículos do Battle Pass: Kungstiger
Battle Pass: P-51C-11-NT Mustang (China)
Battle Pass: USS Flagstaff
  • 17 abril 2024
RN Bolzano: O Último Cruzador
  • 18 março 2024

Comentários (2)

A notícia já não está disponível para comentar