War Thunder background
FV102 Striker
Atenção! Esta notícia foi publicada na versão antiga da página. Pode haver problemas com a mostragem da mesma em certas versões do navegador.

Desenvolvido como parte de uma família de blindados de combate leves, o FV102 Striker serviu como plataforma de ATGM no exército Britânico até aos anos 2000. Embora tivesse sido retirado de serviço recentemente, o Striker está longe da reforma. De facto, ele está pronto para lutar contra as bestas mais eficazes da atualização 1.71!​​



O Striker no War Thunder não vai apenas providenciar os fãs dos veículos britânicos com uma plataforma mortífera para o nível mais elevado do jogo. Mais pequeno e rápido que o FV438 Swingfire, o Striker vai ser capaz de atirar 5 mortíferos ATGM sem ser avistado. Sim, não leu mal, cinco ATGM. O Striker tem um lançador de ATMG com cinco tubos, que pode ser recarregado não apenas uma vez. Ao contrário do FV438, ele o Striker possui o sistema de ATGM Mk.2 Swingfire. Este melhorado sistema não apenas melhora a penetração dos mísseis em sim ,as também dá aos comandantes um sistema de mira semi-automática, facilitando substancialmente todo o processo. Uma funcionalidade comum ao Striker e Swingfire é a proteção. Ambos os veículos têm apenas 12.7 mm, no entanto, enquanto o Swingfire ua aço laminado, o Striker usa alumínio, o que leva a uma menor massa total. Mesmo assim, isto não altera a sobrevivência do Striker, de facto, a proteção servia apenas para armas de pequeno calibre e estilhaços, enquanto as balas AP podem penetrar facilmente a blindagem.  


Wallpaper: 1280x1024 | 1920x1080 | 2560x1440


Para anular isto o FV102 Striker confia numa silhueta baixa e na mobilidade. A combinação de baixa pressão sobre o solo, baixa massa do veículo e bom rácio potência/massa, dão ao Striker uma mobilidade soberba. Com o motor a diesel de 190 cavalos, o FV102 consegue alcançar velocidades recorde de 80 km/h em estrada, mantendo uma boa velocidade em terreno acidentado. Graças à sua mobilidade, os jogadores poderão mudar rapidamente de posição e o baixo perfil assegura que não vai ser detetado até ser demasiado tarde. Em caso do Striker ser identificado, os comandantes podem usar os lançadores de granadas de fumaça antes de retirar. 

O FV102 Striker vai entrar no nível de topo das forças terrestres britânicas como sucessor do FV438 Swingfire já na próxima atualização do War Thunder. Emcontramos-nos em breve!


Devblogs anteriores:


A Equipe War Thunder

Ler mais:
Inferno Cannon: PLZ83-130
  • 24 abril 2024
Veículos do Battle Pass: Kungstiger
Battle Pass: P-51C-11-NT Mustang (China)
Battle Pass: USS Flagstaff
  • 17 abril 2024

Comentários (0)

A notícia já não está disponível para comentar