Imperatritsa Mariya

O Imperatritsa Mariya foi um dos primeiros dreadnoughts a entrar em serviço no Império Russo antes da Primeira Grande Guerra estalar varrer o continente europeu. Conheça o novo topo da armada russa da próxima atualização New Power!

Imperatritsa Mariya, Couraçado, Rússia, Nível V

Prós

  • Artilharia superior
  • Torpedos
  • Boa proteção
  • Tripulação vasta

Contras

  • Fraca artilharia antiaérea
História

Os primeiros Dreadnought do Império Russo entram em serviço no Mar Báltico. Estes eram navios da classe Savastopol, lançados à água em 1909. A proximidade da guerra e o esforço turco em reforçar a suar armada forçou a Tzarina a a iniciar a construção de três couraçados similares aos restantes do Mar Negro. A arquitectura geral, unidades técnicas chave e as três torres foram retiradas da Classe Savastopol. Os três couraçados da Armada do Mar Negro foram lançados à água em 1911 e receberam o nome de monarcas russos. Os testes ao couraçado Imperatritsa Mariya terminaram em 1915, sendo imediatamente colocado em serviço para missões de combate.

Com a chegada dos dreadnoughts russos, a situação no Mar Negro alterou-se dramaticamente a favor do Império Russo. O Imperatritsa Mariya providenciou fogo de suporte à 2ª Brigada perto da costa turca no final de 1915, no inverno participou nos desembarques de Trebizond e no verão de 1916 tornou-se o navio estandarte da Armada do Mar Negro. Em 20 de Outubro, um armazém de pólvora detonou e um incêndio ocorreu no navio, seguindo-se uma série de explosões que resultou na destruição do couraçado. Mais de 200 marinheiros perderam a vida perto de Savastopol. Com um grande esforço em 1918, o navio foi levado para uma doca seca, mas o restauro nunca terminou devio à crise russa do pós-guerra. Em 1927, o Imperatritsa Mariya foi abatido para sucata.

image
image

O couraçado Imperatritsa Mariya vai chegar com a atualização New Power no nível V da árvore russa. Em termos de artilharia e blindagem, trata-se de um dreadnought tradicional, mas o layout é recto, com quatro torres de três canhões e quase sem superestrutura.

O armamento é composto por quatro torres, cada uma com três canhões de 305 mm. Todas as torres conseguem disparar simultâneamente sobre os alvos. Este dreanought russo distingue-se pelas devastadoras munições semi-penetrantes, cada uma com 471 kg e cerca de 55 kg de explosivo! O Imperatritsa Mariya tem também à disposição 20 canhões de 130 mm, 10 em cada bordo. Para além dos canhões, o navio possui quatro tubos de torpedos. Ao nível do armamento antiaéreo, o navio deixa muito a desejar, apenas quatro canhões de 75 mm, cada um no topo de uma torre.

Download Wallpaper:

Este couraçado russo consegue suster bastante dano, muito graças aos seus 262,5 mm de blindagem no cinturão, para além de um barbette de reforço. Os 1300 marinheiros também contribuem para uma mais extensa capacidade operacional sob pressão do inimigo.

A melhor tática para usar o Imperatritsa Mariya é a mesma de outros dreadnoughts, abater o inimigo a partir de longe e sempre com apoio antiaéreo nas proximidades. A bateria principal pode demorar muito acarregar, mas a exatidão e potência de cada tiro compensa, mesmo contra os mais duros dos adversários. O único perigo que corre é ao nível da aviação inimiga.

Conheça o Imperatritsa Mariya na próxima atualização New Power juntamente com outros couraçados das restantes nações!


A Equipe War Thunder

Devblogs anteriores:

 

Arquivos de cookies

Esta página utiliza cookies. Ao continuar a aceder esta página, você concorda com a utilização de cookies.