31 agosto 2018

TAM

O TAM é um blindado desenvolvido em conjunto pela Argentina e Alemanha nos anos 70, e destinado a substituir blindados obsoletos da segunda guerra. Os tanqueiros poderão esperar este blindado na linha ordinária alemã na próxima atualização 1.81!

Resumo: O TAM é um veículo argentino altamente compacto, móvel que vai providenciar aos fãs da árvore alemã, um blindado batedor para os níveis mais elevados.

Nós já apresentámos este veículo na Gamescom 2018, mas hoje vamos falar deste veículo com maior detalhe.
 

História

Nos anos 60, a Argentina estava procurando por ofertas para melhorar os seus pelotões de blindados da segunda guerra. Após obter alguns veículos, os EUA recusaram vender mais. Isto forçou a Argentina a mudar as suas atenções para o mercado Europeu, resultando na compra de vários AMX-13 franceses e suas variantes.

No entanto em 1973, o ministro da defesa elaborou um conjunto de requerimentos para um totalmente novo carro de combate que pudesse ser produzido domesticamente e para entrar em serviço em 1980. Apesar de saber o que queriam, os engenheiros argentinos careciam de experiência técnica para desenhar tal veículo. Enfrentados com este problema, o governo argentino procurou a colaboração de uma empresa estrangeira para desenhar e construir o veículo que pretendiam. Eventualmente, um contrato foi assinado com a empresa alemã Thyssen-Henschel, e um desenvolimento conjunto iniciou-se logo de seguida.

O TAM (Tanque Argentino Mediano), tal como seria designado, foi baseado no Veículo de Combate de Infantaria Marder e foi equipado com uma modificação da arma britânica Royal Ordnance L7A3 produzido na Alemanha. Os primeiros dois protótipos do TAM foram construídos em 1976 e 1977 e foram extensivamente testados no decurso dos dois anos seguintes.

Após passar nos testes o TAM foi colocado em produção em 1979. O veículo foi armado com canhões FMK.4 Modelo 1L, que eram uma cópia sob licença do canhão alemão. O governo ordenou 200 veículos da versão de combate de infantaria. No entanto as dificuldades económicas resultaram numa ordem cumprida de forma parcial, mas reiniciada mais tarde. A Argentina também estava procurando exportar o TAM para outros países, mas apesar do interesse, o TAM nunca foi exportado.

Um total de 280 TAM foram contruidos e a maior parte deles ainda serve o exército argentino com equipamento melhorado. O TAM nunca foi empregue em situações de combate.

No War Thunder, o TAM vai estar disponível para todos os tanqueiros, não como blindado médio, mas como leve nos níveis elevados das forças alemãs já na próxima atualização 1.81. O TAM combina uma grande mobilidade e poder de fogo, mas negligenciando a blindagem. De muitas formas, pode ser muito superior ao Begleitpanzer 57, o que certamente vai deixar muitos jogadores satisfeitos com a maior seleção de blindados ligeiros alemães.

Um dos mais importantes aspetos do desenho do TAM durante o seu desenvolvimento foi a massa total limite de 30 toneladas. Embora este limite assegurasse a passagem do blindado pelas pontes argentinas, foram colocadas algumas limitações na proteção do veículo, pelo que os engenheiros tiveram de limitar a blindagem a um máximo de 32 mm. No jogo, isto muito dificilmente vai providenciar alguma proteção contra veículos de topo, mas vai oferecer alguma proteção contra armas ligeiras e aeronaves.

No entanto, apesar do facto dos capitães do TAM não poderem efetivamente confiar na sua blindagem para salvar o dia, a mobilidade é uma estória completamente diferente. Equipado com um respeitável motor de 720 cavalos, o MTU do TAM é capaz de o acelerar a velocidades de 75 km/h em estrada, tanto para a frente como para trás! Para além disso, graças ao elevado rácio potência/massa, o veículo pode acelerar muito rapidamente e sem qualquer dificuldade ultrapassar obstáculos e terreno acidentado, que para outros blindados é bastante difícil.

Facto interessante: A produção do TAM e suas variantes decorreu num novo complexo que o governo argentino construiu para este mesmo proósito.

Sem dúvida que o maior ativo do TAM é o seu canhão. Equipado com um canhão derivado do L7A3 produzido sob licença na Argentina, ele tem à sua disposição várias munições desde as sub-calibre estabilizadas, HESH e HEAT, o TAM adapta-se a qualquer alvo mesmo a distâncias elevadas. Para além do canhão, os comandantes do TAM possuem duas metralhadoras de 7.62 mm - uma coaxial e outra no topo da torre.


Outros  devblogs:

 

 

A Equipe War Thunder

Comentários (2)

A notícia já não está disponível para comentar

Arquivos de cookies

Esta página utiliza cookies. Ao continuar a aceder esta página, você concorda com a utilização de cookies.