War Thunder background
IL-2-37 - O Sturmovik destruidor de tanques
Atenção! Esta notícia foi publicada na versão antiga da página. Pode haver problemas com a mostragem da mesma em certas versões do navegador.


NÍVEL III: IL-2-37 Sturmovik

Potência do Motor:  ~ 1500 HP
Velocidade Máxima:  ~ 415 km/h a 1320 m
Massa:  ~ 5200 kg
Altitude Máxima:  ~ 5200 m
Armamento:   2x 37 mm NS-37
  2x 7.62 mm ShKAS
  1x 12.7 mm Berezin
  4 x 50 kg FAB-50
  2 x 100 kg FAB-100

Em 1943 o Ilyushin Il-2 formava a base da força de ataque da Força Aérea Soviética, equivalendo quase um terço da força de combate. No entanto os tanques eram um ossos duros para os Shturmovik; as bombas precisavam de ser colocadas com uma elevada precisão, os canhões de 23 mm VYa podiam penetrar apenas blindados leves. Um canhão mais potente era necessário para os tanques pesados alemães.

Os testes de combate com os Il-2 equipados com os canhões de 37 mm ShFK começaram no principio de 1943, mas as armas provaram ser de pouca confiança, pelo que o canhão Nudelman/Suranov NS-37 foi selecionado para destruir tanques. Com o canhão montado nas asas, o Il-2-37 não podia carregar foguetes, e a capacidade de bombas era de apenas 200 kg.

O canhão NS-37 é uma arma muito potente no War Thunder contra alvos terrestres e aeronaves, com 50 munições em cada arma, o Il-2-37 tem muitas oportunidades de espalhar o caos. Alvos leves são facilmente destruídos, enquanto a lateral e traseira de tanques médios são penetráveis, mas os pesados e pillbox são muito mais resistentes. A blindagem no topo é normalmente mais fraca e pode ser atingida num mergulho, mas não se esqueça de controlar a altitude para sair do mergulho em segurança. O canhão tem um efeito muito limitado contra contratorpedeiros e navios de maior deslocamento, mas tem um desempenho muito melhor contra patrulhas. O Il-2-37 irá ser sem dúvida nenhuma um ativo valioso em combates navais.

Os ataques devem ser feitos com tiros individuais ou em pequenas rajadas, tal como os pilotos verificaram ser melhor devido ao coice das armas. Como as armas estão montadas nas asas, a convergência é importante, é preferível definir uma convergência de 300-400 m.



Assim que o cinto de munições de 37 mm for melhorado, carregue então o cinto Alvos Blindados repleto de munições penetrantes. Até esse momento, o cinto padrão tinha uma mistura 50/50 de munições AP e HE, pelo que era necessário pelo menos dois tiros para potencialmente penetrar um alvo. Os canhões pesados do Il-2-37 tornam-no menos ágil que as outras variantes do Il-2. Assim que os melhoramentos aos motor e combustível estão em efeito, o desempenho é um pouco melhor, mas isso não o vai deixar invulnerável a caças de superioridade.


PRÓS E CONTRAS DO AVIÃO:

 PRÓS:

  • Durabilidade elevada
  • Muito bom a atacar alvos terrestres
  • Elevada quantidade de munição

 CONTRAS:

  • Radio de viragem enorme
  • Sem armamento de rockets
  • Difícil de pilotar a baixas velocidades

O artilheiro traseiro tem pouca proteção, mas pelo menos dá um aviso acerca de aeronaves aproximando-se por trás. Você pode usar a técnica favorita dos pilotos de Il-2: abrandando e manobrando para forçar o inimigo a fazer overshoot, atingindo-os então com uma rajada de canhão assim que passam à frente. Em termos gerais, tente evitar caças inimigos, não vá em frente para as linhas inimigas. À primeira vista o Il-2-37 funciona bem como caçador de bombardeiros, os canhões desfazem até os mais pesados dos bombardeiros, mas o seu desempenho é menos que ideal para os enfrentar a elevadas altitudes. Se acabar numa partida sem alvos terrestres, como Air Domination, então deverá usar o cinto Alvos Aéreos, caso contrário deverá sempre usar o cinto para alvos terrestres.



Uma nova arma foi introduzida mesmo antes do Il-2-37 ficar operacional: a PTAB. Os Il-2 padrão podiam carregar centenas destas PTAB nos seus compartimentos para saturar uma área e acertar em tanques, enquanto os canhões de 37 mm necessitavam de uma precisão elevada e várias passagens para acertar nos alvos. A combinação das PTAB e para os tanques e os canhões de 23 mm para os alvos leves tornou-se o armamento mais usado pelos Il-2, e a produção dos Il-2-37 parou no final de 1943 com cerca de 1000 unidades produzidas.

Autor: John “Zoso” Moore


Está interessado em mais unidades do War Thunder? Encontre mais Perfis de Aeronaves e Tanques na página!

Ler mais:
Caixa de Ferramentas!
  • 8 abril 2024
Mad Thunder: Rage and Loot!
Evento Inferno Cannon - PLZ 83-130!
Battle Pass: P-51C-11-NT Mustang (China)

Comentários (1)

A notícia já não está disponível para comentar