War Thunder background
Piaggio P.108A
Atenção! Formato de notícias desatualizado. O conteúdo pode não ser exibido corretamente.
Atenção! Esta notícia foi publicada na versão antiga da página. Pode haver problemas com a mostragem da mesma em certas versões do navegador.


A versão “Artigliere” é um protótipo de conversão do bombardeiro P.108 desenvolvido em 1943 com o propósito de permitir ao avião desempenhar tarefas antinavais. Embora os testes mostrassem um bom desempenho, o desenvolvimento e posterior produção foram cancelados devido à rendição da Itália no final do mesmo ano.

História

Em fevereiro de 1943, os trabalhos foram concluídos numa versão experimental do P.108 para funções antinavais. O novo desenho, designado de P.108A (Artigliere), foi equipado com um canhão de 102 mm.

O canhão de 102 mm L40 era derivado de um já existente de 90 mm, empregue pela armada e exército italianos. O canhão podia atingir uma cadência de tiro de 20 tiros por minuto graças ao seu carregamento em tambor com 12 munições cada. O avião era capaz de carregar até 53 munições, tornando o recarregamento em voo possível. No entanto, a massa e espaço adicionais tornavam impossível carregar bombas, limitando as suas capacidades de interdição aérea.

Embora ao avião mostrasse resultados favoráveis em vários testes em 1943, e estivesse numa grande demanda, a alteração do rumo da guerra e consequentes alterações nas prioridades de desenvolvimento levaram a uma diminuição do interesse pelo projeto. No final, do primeiro conjunto de aviões encomendados, apenas o primeiro protótipo baseado na fuselagem do P.108B foi construído.

Este prototipo foi levado pelas forças alemãs antes da rendição da Itália no final de 1943 e foi enviado para a Alemanha em 1944 onde foi subsequentemente destruído por um bombardeamento aliado. 

No War Thunder, o P.108A irá complementar os níveis médios da aviação italiana. Apesar de ser muito grande e ter quatro motores, o P.108A permanecerá uma ameaça muito robusta devido ao desenho e materiais de construção. Graças a isso, os pilotos desta máquina poderão fazer ataques agressivos sabendo que podem aguentar danos sérios e conseguir voltar para contar a estória.



Deve-se dizer que o canhão de 102 mm irá apresentar uma ameaça séria a ambos os tanqueiros e futuros capitães, pois poderá bastar um tiro bem dado para rebentar até o mais protegido dos alvos. 

Algo que deverá estar na mente dos pilotos deste avião é que tem munição limitada. De forma a atingir a eficácia máxima, o jogador deverá manter uma boa disciplina de tiro e atirar apenas para matar. No entanto, quando o canhão ficar sem munição, o P.108A será ainda capaz de enfrentar navios inimigos graças aos seus 3 torpedos debaixo da fuselagem.


Wallpaper 1280x1024 | 1920x1080 | 2560x1440


O P.108A virá para o War Thunder na próxima atualização 1.69 Regia Aeronautica como avião de ataque pesado de nível III. O alto comando aconselha os capitães de navios a iniciar exercícios antiaéreos como precaução!


Outros devblogs:

A Equipe War Thunder

Ler mais:
Veículo do Battle Pass: PBM-5A Mariner
Seek & Destroy: Melhorias e Refinamentos
  • 14 junho 2024
Vextra 105: Suporte de Fogo!
  • 13 junho 2024
CV9035DK: Pistoleiro Nórdico
  • 13 junho 2024

Comentários (0)

A notícia já não está disponível para comentar