12 outubro 2018

HMCS Haida


O HMCS Haida é um contratorpedeiro de Classe Tribal da Royal Canadian Navy, que serviu não apenas durante a segunda guerra mundial, mas também na Guerra da Coreia.

A bordo do icónico Haida, os capitães vão poder carregar com a Royal Navy nas batalhas navais do War Thunder!

 

Resumo: Um contratorpedeiro premium do Canadá de Classe Tribal com armamento antiaéreo melhorado.

Pré-reserva - Pacote Naval HMCS Haida
Pre-order - Naval Pack HMCS Haida
O bundle inclui:
  • Contratorpedeiro HMCS Haida (Nível II da Grã-Bretanha)
  • Conta Premium para 15 dias;
  • 2000 Golden Eagles;
  • Acesso à CBT da Royal Navy após o lançamento da atualização 1.83;
  • Bónus Pré-reserva: Galhardete Haida
  • Bónus Pré-reserva: Título Fightingest
História

O HMCS Haida foi lançado à água a 29 de Setembro de 1941 na doca-seca de Vickers-Armstrong em Newcastle-upon-Tyne. Em agosto de 1943, o navio entrou em serviço na RCN. O serviço inicial do Haida ficou marcado por escoltas de vários combios sobre o Ártico. Na primavera de 1944, o Haida foi atarefado de perfazer várias tarefas de varrimento na costa francesa. O navio fez o seu primeiro abate, um contratorpedeiro T-29 alemão juntamente com outros membros da sua força-tarefa no mês de abril.

Antes do Dia D, o Haida continuava a fazer varrimentos ao largo da costa francesa, periodicamente enfrentando contratorpedeiros e torpedeiros alemães. Após afundar um submarino alemão, o Haida juntou-se a um contratorpedeiro da Polónia, o Blyskawica em ações contra navios de superfície alemães na costa ocidental da França. Durante estes raides, o Haida foi danificado por um navio alemão - uma munição de 105 mm atingiu a popa e voltou para Halifax em setembro.

Após ser reparado e reequipado, o Haida continuou o seu serviço na costa da Noruega até Março de 1945, escoltando e assistindo em várias operações. Após a rendição alemã em Maio, o Haida foi enviado para o Pacífico em preparação para a invasão das ilhas do Japão. Enquanto estava sendo equipado para as condições tropicais, o Japão rendeu-se. Isto marcou o final do serviço do Haida na segunda guerra.

Nos anos o pós-guerra, o navio trocou a reserva pelo ativo várias vezes para ser reequipado. A Guerra da Coreia chamou o Haida uma última vez. Aí, o navio operou como escolta de contratorpedeiros, bombardeamento de costa e patrulhas.

Após a Guerra da Coreia, o Haida foi finalmente descomissionado, mas evitando o abate tornando-se uma atração de Toronto em 1965. No virar do século, o Haida sofreu uma restauração extensiva, tornando-se um National Historic Site na Hamilton Waterfront. Hoje, o HMCS Haida é um navio estandarte da Royal Canadian Navy e ainda recebe muitos visitantes de todo o mundo.

image

 

image

 

O HMCS Haida vai ser um contratorpedeiro premium do nível III da Royal Navy, que chega em breve para testes fechados. O Haida, à semelhança de outros contratorpedeiros premium, vai estar disponível na loja online como parte de um bundle e vai oferecer benefícios similares aos seus capitães, e dará ainda acesso à CBT da Royal Navy.

Comparado com o contratorpedeiro classe Tribal, ao qual os capitães já se familiarizaram nos testes anteriores, o Haida oferece um maior poder de fogo antiaéreo, com restantes características inalteradas.

Durante a Guerra da Coreia, o Haida foi membro do conhecido “Trainbusters Club” após destruir os primeiros dois comboios norte coreanos em janeiro de 1953.

O melhoramento antiaéreo remove o armamento original de duas torres de quatro metralhadoras de 12.7 mm e dois canhões de 20 mm Oerlikon, e substitui-os por um conjunto de seis torres de dois canhões de 20 mm. Este melhoramento permite aos capitães do Haida lidar mais facilmente com ameaças aéreas assim como torpedeiros, e sem ser necessário usar as armas primárias.

O HMCS Haida vai estar na ponta da lança da Royal Navy quando chegar ao War Thunder, e vai estar disponível na nossa loja online como parte de um bundle especial que dará acesso à CBT da Royal Navy CBT. O Haida pode estar ancorado em Hamilton no Canadá, mas vai prestes a embarcar numa nova aventura no War Thunder!


Outros devblogs:

 

Comentários (0)

A notícia já não está disponível para comentar

Arquivos de cookies

Esta página utiliza cookies. Ao continuar a aceder esta página, você concorda com a utilização de cookies.