War Thunder background
Atenção! Esta notícia foi publicada na versão antiga da página. Pode haver problemas com a mostragem da mesma em certas versões do navegador.


O avião de ataque Su-6 ficou na sombra do seu colega, o Il-2. Não obstante, foi um excelente avião de assalto que estamos orgulhosos de introduzir ao War Thunder na atualização 1.63.


No final dos anos 30, uma autêntica corrida estalou entre os projetistas da União Soviética. O objetivo era criar o melhor avião de ataque que o Exército Vermelho tinha visto. Os lideres da nação, engenheiros e projetistas estavam cientes que muito em breve, o povo soviético teria de aguentar um assalto do mais forte exército do mundo - o da Alemanha de Hitler. Este avião de ataque não podia simplesmente ser bom - tinha de ser o melhor! A competição entre os escritórios de desenho foi dramática, cheia de emição, vitórias e derrotas. No final, o desenho de Ilyushin, o Il-2, foi de direito galardoado com a vitória devido às suas numerosas vantagens. Mas foi ela uma vitória fácil? Claramente não!



As melhores mentes da industria da aviação competiram para desenhar um avião de ataque destinado à futura guerra. Pavel Osipovich Sukhoi foi um deles. O seu avião de ataque, o Su-6, demonstrou completa superioridade em relação ao Il-2 em termos de características de voo. A blindagem do Su-6 também ultrapassou a criação de Ilyushin. As desvantagens residiam no armamento - o Sukhoi não estava preparado para montar rockets, o avião não era capaz de carregar uns meros 120 kg de bombas e não tinha canhões. As críticas do comité de especialidade foram tomadas em consideração e o avião foi equipado com canhões VYa-23. A capacidade das bombas foi aumentada e foi possível carregar 10 rockets RS-82 ou RS-132. No entanto, os testes não terminaram - a única unidade com o motor M-71 avariou.



O tempo passou e a guerra começou, mas a Sukhoi estava decidida. Um programa foi lançado para reequipar o Su-6 com armamento menos potente, mas com os motores AM-42. Mas estes motores também avariaram durante os testes. O rumo das falhas terminou em 1944, quando Ilyushin propôs uma nova versão ao seu próprio avião de ataque - o IL10. O sucessor do Il-2 era superior ao Su-6 em todos os aspectos, e o projeto do Su-6 foi finalmente terminado.



No War Thunder, nós apresentamos as versões mais tardias do Su-6 com o motor M-71F e um assento para o artilheiro/operador de rádio. O Su-6 irá voar como o Il-2, mas com manobrabilidade e velocidade superiores , maior blindagem e capacidade para rockets. A velocidade do avião a baixas altitudes excede os 480 km/h, e a elevadas altitudes pode alcançar os 510 km/h – um verdadeiro avião de corrida para o lendo Il-2.



O armamento desta versão consiste em duas metralhadoras ShKAS e dois canhões NS-37. É importante notar que em contraste com o Il-2, este avião tem autocanhões de 37 mm nas asas perto do centro da fuselagem. Isto providencia um aumento significativo da exatidão em batalha. O artilheiro da traseira, que também era o operador de rádio, podia disparar de volta a qualquer avião com uma metralhadora de 12.7 mm UBT num suporte de blister atrás do assento do piloto. O Su-6 tinha uma blindagem excelente - uma cápsula blindada protegia o piloto e artilheiro e ainda cobria o motor, tanques de combustível e óleo. A blindagem estava entre os 4 e os 13.5 mm. O vidro blindado protegia e o operador de rádio possuía 65 mm de espessura.


O novo avião de assalto soviético Su-6 irá chegar ao War Thunder com a atualização 1.63
Veremos como se desempenha em batalha!


A Equipe War Thunder!

Ler mais:
Inferno Cannon: PLZ83-130
  • 24 abril 2024
Veículos do Battle Pass: Kungstiger
Battle Pass: P-51C-11-NT Mustang (China)
Battle Pass: USS Flagstaff
  • 17 abril 2024

Comentários (2)

A notícia já não está disponível para comentar