War Thunder background
Nakajima Ki-43-I & II: O Falcão Esquecido
Atenção! Esta notícia foi publicada na versão antiga da página. Pode haver problemas com a mostragem da mesma em certas versões do navegador.


O Nakalima Ki-27, o primeiro caça monoplano do Serviço Aéreo Militar Imperial Japonês (大日本帝國陸軍航空隊), provou funcionar bem em combate, e mesmo assim as Tropas se viravam novamente para o seu sucessor. Onde outra nações davam prioridade à velocidade máxima e ao armamento pesado no final da década 30, o longo alcance e manobrabilidade permanecia no foco dos militares Japoneses. O Ki-43 assim sendo tinha a mais leve e pequena fuselagem possível para manter a carga na asa baixa, prescindindo dos tanques de combustível auto-vedantes e da armadura de proteção.

Clique aqui para ler o artigo completo!

O Ki-43 era conhecido por vários nomes. Ki-43 (escrito como “キ43”) era o kitai, o número de (fuselagem), um unico número atribuído a cada tipo de avião militar. Foi designado como o Caça Tipo 1 do Exército desde o seu ano de introdução (1941, 2601 no calendário Japonês) e nomeado “隼” Hayabusa (Falcão Peregrino). Os Aliados também atribuíram os seus próprios nomes de código para as aeronaves Japonesas, sendo o Ki-43 o “Oscar”.

Pela perspectiva de um piloto de caça Japonês no War Thunder, há uma transição ligeira desde do Ki-10 biplano inicial ao Ki-27 até ao Ki-43-I e -II. Agilidade é a sua caracteristica - num confronto individual de curvas (dogfight) o Ki-43 consegue meter-se na cauda da maior parte dos seus oponentes monoplanos. Se você voar com o rato no modo Arcada ou Realista  conseguirá fazer curvas mais apertadas usando os controlos do teclado com os do rato - as teclas predefinidas para os elevadores são tanto o “W” e o “S” ou o “Shift Esquerdo” e o “Controle”, dependendo do seu setup (as outras teclas vão aumentar/diminuir o acelerador). Os pilotos acharam a manobrabilidade dos protótipos iniciais desapontante até à adição dos flaps tipo Fowler; estes conseguem ser implementados para configurações de combate no jogo (“F” por defeito) para adicionar melhor manobrabilidade.



O Ki-43 era o principal caça Japonês no Teatro do Sudeste Asiático enfrentando a RAF e os “Tigres Voadores” do Grupo Voluntário Americano, mas foi ofuscado pelo Mitsubishi Naval A6M Zero. O Teatro de Operações do Sudeste Asiático na sua generalidade era constantemente negligenciado comparadamente ao Teatro no Pacifico, e a larga semelhança do Ki-43 para o mais famoso Zero (ambos de asa baixa, unimotor radial e com capota em bolha) significava que eles eram frequentemente confundidos pelos pilotos Aliados. Apesar disso o Ki-43 permaneceu em produção e em serviço durante a guerra.

Em primeiro eles desempenhavam-se bastante bem contra o “Buffalo” e o ponta-de-lança da Commonwealth, o “Hurricane”. As forças do Extremo Este da RAF tinham pouca prioridade no que tocava a homens e equipamento, mas com o melhoramento de treino e equipamento, o Hayabusa depara-se com oponentes mais fortes incluindo Spitfires e Thunderbolts. O Ki-43 recebeu um modesto melhoramento no motor e alguma armadura para o piloto, entrando em serviço em 1942, mas o armamento mantinha-se fraco até que dois protótipos Ki-43-IIIb foram equipados com canhões de 20mm mesmo no final da guerra (sendo visto no Nivel III do War Thunder, para ser coberto noutro Perfil).

O Ki-43-I é inicialmente equipado com um par de metralhadoras de 7.7mm. Essas eram adequadas contra biplanos, mas não o ideal contra aeronaves robustas, então a prioridade para pesquisa deverá recair nos modificados Otsu e Hei. O primeiro dá a opção de misturares armamento de uma 7.7mm Tipo 89 e uma 12.7mm Ho-103, uma configuração comum na guerra; a segunda permite duas metralhadoras 12.7mm. Uma vez pesquisadas conseguirás trocar entre as duas configurações de armamento no “Offensive Armament” no visor das Modificações. A configuração do Otsu é um melhoramento mas duas 12.7mm continuam a ser armamento leve, ambos históricos e no jogo. Os pilotos Hayabusa exploravam pontos fracos do avião inimigo onde pudessem, por exemplo disparando para o radiador do Hurricane onde um único buraco podia drenar o refrigerador e parar o motor; no War Thunder acertar num pilotos inimigo é a maneira mais rápida de assegurar uma morte, considerar escolher um alvo especifico é raramente facil numa agitado mano a mano (dogfight).



Os caças inimigos deve ser o alvo primário para um piloto do Ki-43; o armamento é inadequado para abater bombardeiros médios e pesados e a leve construção deixa o Hayabusa vulnerável ao fogo vindo das suas torres defensivas. Mesmo um artilheiro traseiro de caças pesados e bombardeiros de dois lugares devem ser tratados com uma algum cuidado. Não torne você num alvo fácil voado a direito e nivelado atrás dele. Se enfrentar adversários mais rápidos, poderá estar exposto a ataques “boom and zoom” vindos de cima, portanto mantenha o olho nas suas redondezas e se voltar, faça uma curva apertada mesmo antes do atacante tê-lo no seu alcance da arma (por volta de 1km); se ele virar para se manter consigo então aí terá uma boa chance de se meter na traseira dele.

O Ki-43 fornece uma boa via até ao Nível II para novos jogadores, e é divertido de voar para pilotos mais experientes que procuram um estilo diferente de vôo. Apesar da sua fragilidade e armamento leve, a sua manobrabilidade faz dele um alvo perigoso e esquivo.

Autor: John “Zoso” Moore


Quer ler mais acerca de outras aeronaves da Segunda Guerra Mundial? Então entre na secção Perfil na nossa página oficial!


Ler mais:
Thunder Show: GET DOWN
Armored Apex 2024 e prémios exclusivos via Twitch Drops!
Dia da Bastilha: Decalque Temático, Descontos e Veículos por Golden Eagles!
  • 12 julho 2024
O A-4E de Israel Retorna pro seu Aniversário de Primeiro Voo!
  • 12 julho 2024

Comentários (0)

A notícia já não está disponível para comentar