War Thunder background
Batalha de Kursk
Atenção! Esta notícia foi publicada na versão antiga da página. Pode haver problemas com a mostragem da mesma em certas versões do navegador.


Do dia 5 de julho às 16h ao dia 8 às 08 h [Lisboa]

Do dia 5 de julho às 12h ao dia 8 às 04 h [Brasília]

Tome parte na reconstituição da Batalha de Kursk! 

O evento irá decorrer nos modos Reslístico e Simulação com alinhamentos históricos.
Você poderá encontrar o evento na secção Eventos & Copas/Torneios.


A Batalha de Kursk, que começou a 5 de julho e durou até 23 de agosto de 1943, foi a maior batalha da história da humanidade. De acordo com dados oficiais, cerca de dois milhões de pessoas, seis mil tanques e quatro mil aviões estiveram envolvidos.

Após a Batalha de Stalinegrado, o as tropas soviéticas ficaram encorajadas para a ofensiva, os alemães lutaram para mudar a situação e planearam a sua operação ofensiva no verão de 1943 para mudar o curso da guerra. A liderança alemã não chegara a acordo nesta situação; se Keitel tentasse convencer Hitler acerca de uma ofensiva geral, Guderian e Model estavam contra. É conhecido pelo Quartel General alemão que os soviéticos esperavam que tentassem montar uma ofensiva no verão de 1943. No entanto, a decisão de lançar a Operação Citadela foi para a frente.

Para virar a vantagem a seu favor, a liderança alemã disponibilizou os mais avançados tanques para o teatro de guerra: 134 tanques PzKpfw VI Tiger (tinham aparecido apenas periodicamente em batalhas anteriores), 190 tanques PzKpfw V Panther, 90 OAP Ferdinand e até mesmo algumas minas autopropulsadas controladas por rádio Goliath.

Os soviéticos posicionaram principalmente tanques T-34-76 e T-70. Este último compunha 30% dos tanques soviéticos. Uma pequena quantidade de tanques KV-1S também estavam presentes. Os primeiros a mover-se para a linha da frente foram os OAP de 152 mm SU-152. Embora houvesse apenas 24 deles disponíveis, eles tiveram um bom desempenho no campo de batalha, destruindo facilmente qualquer tanque alemão, incluindo tanques pesados. Por esta razão foi chamado de Zveroboy (‘Abatedor de Bestas’).

O assalto alemão, como parte da Operação Citadela começou na manhã de 5 de junho de 1943. As tropas soviéticas estavam preparadas para combater o inimigo. Após massas uma enorme quantidade salvas de artilharia dos alemães e preparações para contrariar a artilharia por parte do Exército Vermelho, as tropas soviéticas ocuparam posições defensivas e repeliram o ataque alemão nas frentes norte e sul. O culminar da Batalha de Kursk foi a Batalha de Prokhorovka: a 12 de julho, uma batalha de tanques em larga escala envolveu cerca de 700 tanques alemães e quase 800 soviéticos. Nem os soviéticos nem os alemães foram capazes de arrancar uma vitória deste confronto, mas o avanço da 2ª Divisão de Tanques SS foi segurado.

Após a fase defensiva da Batalha de Kursk terminar, as tropas soviéticas mobilizaram-se para o contra-ataque. Os grupos alemães Orlov e Belgorodsk-Kharkov foram obliterados por manobras de ataque bem sucedidas.

De acordo com historiadores, os resultados da Batalha de Kursk em particular formaram um avanço na Grande Guerra Patriótica para a URSS, e definiu o curso subsequente no conflito: a liderança alemã perdeu a capacidade de fazer operações ofensivas de larga escala na Frente Oriental e consequentemente perdeu a iniciativa.

A Batalha de Kursk teve consequências significativas não apenas no curso da guerra, mas no desenvolvimento de tanques na União Soviética; ficou óbvio que o T-34-76 era incapaz de penetrar a blindagem dos Tiger até mesmo a 200 metros. O resultado disto foi um conjunto de esforços redirecionados ao desenvolvimento do novo T-34-85, que substituiria completamente os obsoletos T-34-76 até ao final da guerra. Além disto, a produção dos tanques T-70 foi cancelada; estes veículos despedaçavam-se literalmente nas mãos dos inimigos em campo aberto, e eram incapazes ferir qualquer besta alemã.

Tornou-se mais que óbvio que um novo tanque pesado necessitava de ser desenvolvido; mesmo os modernizados KV não conseguiam enfrentar de forma eficaz combater os tanques pesados da Wehrmacht. Eles tinham um grande défice de poder de fogo.

Os projetistas trabalharam e construíram novos tanques e os soldados continuaram a lutar: eles teriam ainda dois difíceis anos de guerra pela frente.

Ler mais:
Assista ao Air Superiority 2024 e Receba Prêmios Exclusivos dos Twitch Drops!
  • 10 maio 2024
Opção de Equipes Menores nas Batalhas Realistas Aéreas
  • 27 maio 2024
The Shooting Range #408
  • 27 maio 2024
Thunder Show: CAT&MOUSE
  • 24 maio 2024

Comentários (1)

A notícia já não está disponível para comentar