War Thunder background
Respostas a questões relativas a spall liners, MBT e aviões

Olá! Notámos que muitos jogadores têm questões relativas aos spall liner dos tanques e armadura em geral. Para evitar mal entendidos, gostaríamos de responder de forma breve a vários pontos.

Eficácia do M1 Abrams

Em breve vamos lançar um devbloc sobre a armadura a série M1 Abrams onde vamos explicar porque acreditamos que a armadura do casco não está reforçada nos veículos de produção. No entanto, não estamos satisfeitos com a corrente eficácia das variantes M1 com arma de 120 mm e por isso estamos procurando formas de os melhorar.

A primeira opção a considerar é a adição da munição M829A3, pedida várias vezes nas sugestões. Nós discutimos esta opção, mas a adição desta munição em comparação com a M829A2 não vai melhorar a capacidade do Abrams contra veículos de topo que estão equipados com armadura moderna e ERA. Nós ainda estamos consdierando a implementação da munição M829A3 mas primeiro vamos reduzir o tempo de carregamento de 6 para 5 segundos com tripulação ás, o que vai tornar o Abrams mais eficaz contra todos os oponentes. Esta cadência de tiro é possível considerando a dimensão e massa das munições de 105 mm é comparável com as das de 120 mm. Isto deve-se ao facto do invólucro ser parcialmente combustível, enquanto os invólucros das munições de 105 mm é de metal. Uma munição de 105 mm M900 tem um comprimento de 1003 mm e uma massa de 18,5 kg, enquanto a de 120 mm M829A2 tem um comprimento de 982 mm e 20,3 kg.

Armadura do Leopard 2A7V

Nós tentamos sempre trazer as características dos véiculos do jogo o tão próximo possível das características documentadas. No caso da proteção do Leopard 2A7V confiamos em informação apresentada sobre o pacote de armadura do seu parente sueco. Nós não temos informações fiáveis se melhorias da armadura quando comparada com o protótipo submetido no concurso na Suécia foram sequer feitas, nem mesmo o nível de armadura que podia ter tido se fosse feito, por isso neste momento não acreditamos ser possível melhorar a proteção deste tanque.

Quanto a evidências na proteção entre as versões suecas do Leopard 2 e do Leopard 2A7V alemão (a versão sueca tem mais, o que parece não ser lógico). Isto deve-se ao facto das versões suecas receberem os próprios e completamente novos pacotes de reforço de armadura, tanto no casco como na torre (confirmado pelos dados de proteção obtidos nos testes do concurso).


Ao mesmo tempo gostaríamos de salientar que o nível de proteção actual do Leopard 2A7V está na sua maior parte localizado na área frontal contra qualquer APFSDS de 120-125 mm do jogo. Relativamente à ligeiramente menor proteção da torre em relação ao Leopard 2A6, há pequenas diferenças em ~2-5% e na geometria. No futuro vamos melhorar o modelo de dano dos Leopard 2 , e corrigir algumas discrepâncias pequenas.

Também gostaríamos de salientar que a proteção do Leopard 2A7V presente no jogo é baseado no pacote B. No entanto, de acordo com os dados que temos, são é esse o caso. Como podemos ver nos diagramas de resistência do concurso da Suécia, o pacote D-2 em combinação com o pacote B providencia apenas 45% da proteção frontal de munições APFSDS com penetração de 600 mm, mas no jogo está presente uma combinação de armaduras diferente, providenciando uma proteção de mais de 65% da projeção frontal de ameaças deste tipo.

Protection of Leopard 2I (improved), based on B package with an add-on kit of D-2: more than 55% vulnerable to APFSDS with a penetration of 600mm.
Proteção do Leopard 2I (melhorado), com base no Pacote B e kit D-2: mais de 55% vulnerável a APFSDS com peneração de 600 mm.
Armor map in the game: less than 35% of the projection is vulnerable to APFSDS with a penetration of 600mm.
Mapa de armadura: menos de 35% da proteção é vulnerável a APFSDS com 600 mm de penetração.

Spall liners for the Ariete, Merkava and Leclerc

Neste momento estamos estudando e adicionando spall liners aos tanques Ariete. Estes tanques vão receber spall liners no futuro.


Quanto aos Merkava, temos informação que estes tanques não têm spall liners. Nós estudámos informação de fontes abertas e para além de aço de blindagem, não encontrámos qualquer outra proteção nas laterais do compartimento de combate do Merkava.


Neste momento não temos dados fiáveis de fontes abertas relativa à presenaç de spall liners na série Leclerc.

Battle Rating 12.7 para aviação

Nós estamos monitorizando os dados e acreditamos que neste momento não há necessidade de aumentar o Battle Rating máximo de 12.3 para 12.7. Isto deve-se ao facto das eficiências de todos os novos aviões estarem no mesmo nível dos aviões de 12.3, exceto o JAS39. O modelo de voo dos Gripen foi revisto e vamos monitorizar a sua eficácia após as alterações.

Tornado IDS WTD61

Nós decidimos não expandir a gama de armamentos do Tornado IDS WTD61 pois não temos a certeza que este avião possa carregar um casulo de targeting e bombas guiadas. No entanto, estamos monitorizando o desempenho do avião e estamos prontos para fazer outras alterações, se assim for necessário.

Tópicos para devblogs futuros

Estamos a analisar os relatórios sobre a série Challenger 2 e muitos destes problemas já foram corrigidos. Nós vamos publicar respostas a algumas questões relativas ao tanque no futuro. Além disso, iremos publicar um devblog sobre as alterações aos parâmetros dos Stiger e Mistral MANPADS no futuro próximo.

Ler mais:
Seek & Destroy: Melhorias e Refinamentos
  • 14 junho 2024
Vextra 105: Suporte de Fogo!
  • 13 junho 2024
CV9035DK: Pistoleiro Nórdico
  • 13 junho 2024
F-4F KWS LV (ICE): Frio e Calculista!
  • 12 junho 2024