War Thunder background
Rooivalk Mk1F CSH

O Rooivalk Mk1F CSH é uma verdadeira maravilha da indústria sul africana de defesa - um helicóptero equipado com tecnologia avançada que o permite abater um grande número de inimigos!

Rooivalk Mk1F CSH, Helicóptero de ataque, Grã-Bretanha, Nível VI, Premium via Loja

Ativos:

  • Brilhantes características de voo
  • ATGM de longo alcance ZT-6 Mokopa
  • Mísseis ar-ar Mistral
  • Imagem térmica
História

A experiência de combate ganha pelas forças sul africanas durante a fase convencional do conflito com Angola revelou a necessidade de um helicóptero de ataque desenhado especificamente para abater carros de combate. O embargo de armamento à África do Sul pela OTAN forçou o país a iniciar seu próprio programa de criação de um helicóptero para desempenhar tais funções. Inicialmente dois programas paralelos foram criados para desenvolver tecnologia de produção, um baseado no SA 326B Alouette III e o segundo baseado no SA 330J Puma. Em 1990, após quatro anos de desenvolvimento e testes, o primeiro protótipo experimental Rooivalk decolou - um helicóptero de ataque sul africano com aviónicas, eletrónicas, sistemas de mira e armamento topo de gama. O protótipo, modificado de acordo com os requerimentos do exército dos EUA devido às perspectivas de exportação, foi apresentado ao público em um show aéreo no Dubai em 1993. No ano seguinte o helicóptero estava concorrendo em um concurso do Ministério da Defesa britânico. Na África do Sul, 12 aeronaves foram encomendadas e entraram em serviço em 1998. Durante esse período, sua tecnologia continuou evoluindo e foram instaladas várias melhorias. Sob o programa Rooivalk Mk1 foram instaladas 130 melhorias durante a fase de construção dos primeiros seis helicópteros. Dos 12 Rooivalk Mk1 CSH (Combat Support Helicopter, ou Helicóptero de Suporte de Combate) produzidos, 11 ainda estão em serviço no 16th Squadron em Bloemfontein.

image

No War Thunder, o Rooivalk Mk1F será um helicóptero premium do nível VI da árvore britânica. O helicóptero estará disponível na loja online em um pacote após lançamento da atualização Drone Age. Nascido das duras condições da África do Sul e desenhado para operar em ambientes de elevada intensidade, o conceito desse helicóptero está acente em quatro pilares: avançar sem ser visto; se for avistado evitar ser atingido; se for atingido continuar a voar; se for impossível voar os tripulantes têm de sobreviver. O Rooivalk Mk1F compreende todos esses pilares em uma aeronave de classe mundial.

No que diz respeito a características técnicas e de voo, o Rooivalk Mk1F não está apenas a par de outros helicópteros de ataque modernos de todo o mundo, chega mesmo a ultrapassa-los em alguns aspetos. A potência dos dois motores Turbomeca Makila 1K2 turboshaft providenciam uma velocidade que ronda os 300 km/h, enquanto a velocidade de strafe excede os 90 km/h. O cérebro do helicóptero está em um computador totalmente digital com dois MFD no cockpit. O sistema de mira com invormação projetada no visor do piloto inclui visão noturna e imagem térmica. No nariz do helicóptero está um autocanhão de 20 mm GI2 sincronizado com o visor do piloto.

O armamento suspenso do helcióptero disponível pode ser arranjado de forma a desempenhar todas as tarefas. Para abater ameaças de natureza aérea, o helicótpero possui os conhecidos mísseis ar-ar Mistral com seeker all-aspect. Os quatro pontos de suspensão remanescentes podem ser equipados com os novos ATGM ZT-6 Mokopa com ogiva em tandem e casulos de foguetes de 70 mm HEAT, capazes de penetrar até 350 mm de blindagem.

Este moderno helicóptero sul africano pode ser adquirido comprando um pacote especial na loja online com o lançamento da atualização Drone Age. Está quase tudo pronto para a era dos drones!

Ler mais:
FOX-3: Mísseis de Radar Ativo
  • 24 maio 2024
Inferno Cannon: PLZ83-130
  • 24 abril 2024
Veículos do Battle Pass: Kungstiger
Battle Pass: P-51C-11-NT Mustang (China)