War Thunder background
USS Pittsburgh

O USS Pittsburgh é um cruzador pesado norte americano da Classe Baltimore que entrou em serviço no final da Segunda Grande Guerra. O navio vai chegar com a atualização Direct Hit!

USS Pittsburgh, Cruzador pesado, EUA, Nível V

Prós

  • Características equilibradas
  • Armamento secundário reforçado
  • 8 torres de controle e ponte bem protegida

Contras

  • Sem armas de disparo rápido

Resumo: Um cruzador pesado da Classe Baltimore modernizado durante a Guerra Fria equipado com um poderoso armamento secundário.

História

O USS Pittsburgh foi lançado à água em Fevereiro de 1943 e fazia parte da segunda série dos cruzadores pesados da Classe Baltimore. O navio foi lançado cerca de um ano mais tarde e entrou em serviço oficialmente em Outubro de 1944. Após entrar em serviço foi enviado para o teatro do Pacífico onde se juntou à Task Force 58 no Hawaii para sua primeira operação: o assalto a Iwo Jima.

Embora não tenha participando na invasão propriamente dita, o USS Pittsburgh assistiu os raides contra as bases aéreas nas ilhas japonesas. O USS Pittsburgh guardou a esquadra de porta-aviões durante a invasão a Okinawa, abatendo aviões japoneses que tentavam atacar os porta-aviões. Após a batalha, o USS Pittsburgh foi apanhado por um tufão que deixou o navio danificado, no entanto, conseguiu voltar a porto seguro para reparações. Quando a guerra terminou, o navio ainda estava sendo reparado, sendo mais tarde em 1946 colocado em reserva e retirado de serviço em 1947.

Com os conflitos por todo o mundo com o começo da Guerra Fria, o USS Pittsburgh voltou ao serviço em Setembro de 1951. Após conduzir exercícios e outras operações no Atlântico Ocidental, o navio foi para o Oceano Índico para modernização em 1953. Após os conflitos na Ásia nos anos 50, o USS Pittsburgh foi retirado definitivamente em 1956 e vendido para sucata nos anos 70.

image
image

No War Thunder, o USS Pittsburgh vai ser um cruzador pesado do topo da árvore naval norte americana com o lançamento da próxima atualização Direct Hit. O navio vai ser implementado na versão modernizada de 1953, providenciando aos capitães um reforçado poder de fogo antiaéreo!

À semelhança do USS Baltimore, o USS Pittsburgh oferece um excelente equilíbrio entre poder de fogo, mobilidade e proteção graças aos canhões de 203 mm, velocidade de 32 nós e cinturão com armadura de 152 mm. O USS Pittsburgh herda a superba versatilidade da classe, sendo uma excelente escolha todas as situações.

O USS Pittsburgh conquistou a alcunha de ''Navio mais longo do mundo'' depois da proa quebrar durante uma tempestade tropical, ao qual foi recuperada milhares de milhas do local.

No entanto, ao contrário do USS Baltimore, o USS Pittsburgh possui um arsenal antiaéreo reforçado com autocanhões de 40 e 20 mm substituídos por 10 autocanhões de 76 mm e retendo os seis canhões de 127 mm. O resultado é uma maior eficácia de combate a longas distâncias contra aeronaves e navios de deslocamento reduzido.

No entanto, sem armas de pequeno calibre significa que será mais difícil responder a ataques surpresa do ar. Mais, o USS Pittsburgh possui 1142 marinheiros. Embora seja uma tripulação grande, acaba por ser menor que a do USS Brooklyn e de outros navios da Classe Baltimore.

O USS Pittsburgh deverá chegar aos estaleiros do War Thunder na próxima atualização do War Thunder. Entretanto, continue de olho nas notícias!

A pesquisa do navio pode ser acelerada com:

Pacote USS HELENA
O pacote inclui
  • USS Helena (Nível IV, EUA);
  • Conta premium para 30 dias;
  • 2000 Golden Eagles;
Ler mais:
Teste da nova mecânica de Dano Severo
Roadmap do War Thunder da Primavera até Verão 2024
  • 30 janeiro 2024
Chamamento do Dragão: Object 292
Apresentando o Novo Ciclo de Eventos do War Thunder
  • 23 janeiro 2024