Uma antiaérea moderna chinesa equipada com RADAR e canhões Oerlikon KDA.

PGZ-09, AAAP, China, Nível VI

Prós

  • Canhões de 35 mm
  • RADAR

Contras

  • Pouca munição
História

Nos anos 80 a China adquiriu licença para produzir a torre GDF-002 da Oerlikon juntamente com os sistema de RADAR Skyguard FC. Com experiência já adquirida da produção de sistemas antiaéreos sob licença, os engenheiros começaram a desenvolver um veículo antiaéreo com este sistema nos anos 90.

O primeiro protótipo, designado Type 90-II, combinou o chassi do Type 63 com a nova torre com dois canhões de 35 mm. Muito similar à Gepard alemã, tanto visual como funcionalmente, a Type 90-II foi testada nos anos 90, mas o desenvolvimento subsequente cessou com a entrada em serviço da PGZ-95.

O veículo foi mostrado ao público apenas em 2011, na altura que o desenho já tinha sido refinado e substituído a PGZ-95 sob a designação PGZ-09. A PGZ-09 ainda serve as forças militares e representa uma antiaérea moderna ao serviço do exército de libertação chinês.

image
image

No War Thunder, a PGZ-09 vai ser uma nova antiérea do topo das forças chinesas com o lançamento da próxima atualização. Equipado com a versão chinesa dos Oerlikon KDA e um sistema de RADAR, a PGZ-09 vai expandir a linha de antiaéreas chinesas até à era moderna!

Como já foi mencionado, a PGZ-09 vem equipada com dois canhões PG99-35-2 de 35 mm, que são uma versão chinesa dos Oerlikon KDA já familiares a muitos jogadores da árvore alemã e britânica. Conhecido pelas excelentes balísticas e poder de fogo, estes canhões vão ser uma ameaça séria para qualquer avião e veículo leve. Devemos notar que para além do sistema de RADAR para corrigir os tiros contra aeronaves, o veículo possui munições AP contra veículos, embora seja apenas 20 munições por arma.

A PGZ-09 vem equipada com um motor diesel de 800 cavalos capaz de propulsar a antiáérea a 65 km/h em estrada. Graças a este motor e apenas 38 toneladas, o veículo consegue uns respeitáveis 22.8 cavalos por tonelada, sendo capaz de passar sem dificuldades por qualquer tipo de terreno.

No entanto e apesar de mobilidade ser formidável, a PGZ-09 não se destaca ao nível da proteção à tripulação, sendo muito vulnerável a curtas distâncias e tiros de autocanhão. Com isso em mente, os comandantes desta antiaérea deverão ficar atrás das linhas da frente e focar-se em limpar os céus.

A PGZ-09 vai chegar ao War Thunder na próxima atualização Red Skies ao nível VI da linha de antiaéreas chinesas!


A Equipe War Thunder

Arquivos de cookies

Esta página utiliza cookies. Ao continuar a aceder esta página, você concorda com a utilização de cookies.