War Thunder background
Forças Especiais do 23º QG, "Ghost Army"
Atenção! Esta notícia foi publicada na versão antiga da página. Pode haver problemas com a mostragem da mesma em certas versões do navegador.

Vista extremamente rara dos campos de batalha do War Thunder - um Tanque de Borracha!

Indiscutivelmente a unidade militar mais original, criativa e incomum que já existiu durante a Segunda Guerra Mundial foi a Tropa Especial, também conhecida como "Ghost Army" ou "Exército Fantasma". Esta Unidade foi composta pelos Engenheiros de Camuflagem da 603ª companhia, pelos Engenheiros de Combate da 406ª companhia e pela 3132ª Companhia Especial de Telecomunicações que respondeu diretamente para o General Omar Bradley. A ideia para esta unidade foi originalmente concebida no final de 1942 depois de Unidades Britânicas nos desertos africanos durante a batalha em El Alamein terem utilizado engodo para confundir as unidades alemãs na área. Muitos dos soldados da 23ª Companhia eram graduados de várias escolas de arte e foram convidados a usar seus cérebros em vez da sua força. Composta por artistas e profissionais de publicidade com uma mistura de técnicos de som, muitos destes soldados viriam a tornar-se artistas famosos da nossa geração; incluindo, Bill Blass (Estilista) Arthur Singer (Ilustrador) Art Kane (Fotógrafo). Estes homens, entre muitos outros, desempenharam um papel fundamental nos esforços de guerra para os Aliados.  O trabalho da 23ª Tropa Especial era enganar o Alto Comando Estratégico Alemão metendo-os a pensar que as tropas dos Aliados estavam estacionadas em lugares que na realidade não estavam.

As táticas de ilusão que foram utilizados pelo Exército Fantasma foram visuais, sonoras e de radio e para muitos dos soldados, consideravam a mais importante como sendo a "atmosférica". Para fazer isso, eles usam várias gravações de diálogos do Exército, ruído e também por meio de diferentes insígnias e marcações nos seus capacetes, uniformes e veículos, que pertenciam a outras unidades dentro das Forças Aliadas. A 23ª Tropa Especial desenvolveu "tecnologia avançada" para o trabalho que estavam a realizar. A unidade tinha desenvolvido maneiras criativas para camuflar aeródromos e os parques dos ​​tanques e jipes. Eles também tinham aprendido como gravar e misturar sons, a fim de fazê-lo soar como se houvesse construção ou colunas de tropas que se deslocam em direções específicas. Tudo isso culminou no exército alemão apelidando esta unidade "O Exército Fantasma".


Foto aérea dos insufláveis posicionados perto do rio Reno em março de 1945. (Cortesia de ghostarmy.org)

A Ilusão Visual foi principalmente em veículos, mas a unidade também fez peças de artilharia falsas, especificamente na França, logo após o Dia D, que eram impressionantes só de olhar para elas. Para proteger os portos artificiais no Dia D à noite, eles iluminaram áreas com luzes brilhantes que viria a por os Alemães a atacar a área errada. Eles também tinham feito aeródromos falsos, acampamentos de tropas e sucatas. A fim de parecerem reais, a unidade foi tão longe como a utilização de pranchas de madeira a fim de "rasgar" o chão e fazer parecer o avanço das tropas, tanques e caminhões na área. As tropas também seriam muito ativas dentro e em volta destas áreas, a fim de ocultar o número real de homens que estavam na área. Estes artistas tiveram grande orgulho e cuidado em como criaram estas áreas, mas eles consideraram a sua maior conquista foi o M4 Sherman insuflável. Muitos dos soldados afirmam que o tanque insuflável foi o que os "fez grandes" naquela ilusão. Todos estes esforços fizeram o reconhecimento aéreo Alemão acreditar que eles estavam realmente a olhar para movimentos maciços de tropas e estes relatórios chegariam Comando Alemão.

A ilusão no Som e Radio também foi utilizada com grande efeito. Grandes altifalantes foram montados nas costas dos jipes e veículos militares onde a unidade iria por uma mistura de gravações da tropa, movimentos, máquinas e ruído ambiente em direções específicas a fim de confundir os alemães de que direção é que as tropas aliadas se estavam a mover. Este foi utilizado com grande sucesso na Batalha do Reno, onde a unidade tinha posto os alemães em pensarem que Exército dos Estados Unidos atacaria em Dusseldorf, em vez de Wesel. Talvez uma das operações mais influentes na qual a 23ª Tropa Especial participou foi a Operação Fortitude que foi a tentativa dos Aliados em enganar o exército Alemão logo após o Dia D para atrasar reforços alemães para a Normandia. A unidade engana o Alto Comando Alemão, fazendo os Alemães acreditarem que os "principais" ataques iriam ser em  Norway ou Pas de Calais (Norte e Sul da Normandia, respetivamente).

Depois da guerra, os esforços do "Fantasma" do Exército permaneceriam em silêncio por quase 40 anos até que suas façanhas seriam oficialmente reveladas pelo Governo dos EUA. Muitos dos soldados dentro da unidade tiveram que manter as suas histórias em segredo durante anos, estes nem sequer podiam contar as suas histórias às suas esposas e crianças sobre a guerra. No entanto, muitos soldados disseram que quando perguntado por família o que eles fizeram durante a guerra a sua resposta era que ao longo das nossas linhas nós soprámos tanques e até canhões" (o trocadilho na palavra "soprou").


Autor: Sean "Gingahninja" Connell


Numa das atualizações futuras iremos incluir o decalque seguinte ao War Thunder:

Emblema do U.S. Army 23rd HQ Special Troops (Ghost Army)

Decalque feito por Branislav "InkaL" Mirkov


Ler mais:
Assista ao Air Superiority 2024 e Receba Prêmios Exclusivos dos Twitch Drops!
  • 10 maio 2024
Thunder Show: BASED MAUS
  • 17 maio 2024
Dia das Forças Armadas dos EUA: Celebrando com um Novo Decalque!
  • 17 maio 2024
Fair Play: Maio 2024
  • 16 maio 2024