War Thunder background
Atenção! Esta notícia foi publicada na versão antiga da página. Pode haver problemas com a mostragem da mesma em certas versões do navegador.


SU-76M no War Thunder

SU-76M no War Thunder

No War Thunder, o SU-76M é um obus autopropulsado com uma classificação de 2.3. Consegue chegar aos 40 km/h (29 mph) em 24 segundos em terreno nivelado, enquanto a rotação na segunda mudança é de 13 segundos, equivalendo a 27.7º por segundo.

Em relação à proteção de blindagem, a placa frontal superior possui 25 mm de espessura num ângulo de 61º, com a viseira do condutor com a mesma espessura, mas com apenas um ângulo de 39º. A placa frontal inferior possui 30 mm de espessura num ângulo variando entre 63 e 15º. Os lados inferiores do casco estão protegidos por placas não anguladas de 15 mm, enquanto a superestrutura com 10 mm e angulada em 19º. A blindagem traseira possui 15 mm de espessura.

O principal armamento é um canhão ZiZ-3 de 76.2 mm (3''), com um tempo de carregamento de 7 segundos com um municiador devidamente treinado. A arma pode usar seis tipos de munições, e a seguinte tabela mostra os seus valores de penetração dependendo do alcance e ângulo de ataque(0°/30°/60°)

Desinação & Tipo Penetração à queima-roupa (mm) Penetração a 1 km (mm) Penetração à queima-roupa (polegadas) Penetração a 3281 ft (polegadas)
BR-350A(MD-5) APCBC 80/72/33 63/56/26 3.14/2.83/1.02 2.48/2.2/1.02
BR-350SP APBC 105/94/43 69/62/18 4.13/3.7/1.69 2.72/2.44/0.71
BR-350P APCR 135/103/31 60/46/13 5.32/4.05/1.22 2.36/1.81/0.51
BP-350 HEAT 80/69/39 80/69/39 3.15/2.72/1.54 3.15/2.72/1.54
Sh-354T Shrapnel 37/33/13 25/22/9 1.46/1.3/0.51 0.98/0.87/0.35
OF-350M HE 13 13 0.51 0.51
 

O SU-76M é um OAP pequeno, leve, e com o seu principal atributo a pertencer à sua arma de 76 mm (3'') ZiS-3, com uma boa cadência de tiro e capaz de  penetrar frontalmente e destruir qualquer oposição na sua gama de BR, e as suas munições de estilhaços é extremamente eficaz contra artilharias antiaéreas e outros veículos pouco blindados, tornando as munições HE um pouco redundantes. Esta arma, combinada com a pequena dimensão do veículo e seu baixo perfil, torna no SU-76M um altamente perigoso veículo de emboscadas nas boas mãos. No entanto a furtividade cem com um preço - o SU-76M possui nenhuma armadura que a ser mencionada. Isto significa que, quando jogando com ele, você deve usar a sua mobilidade e baixo perfil para jogar nas emboscadas. Encontro uma posição, dispare alguns tiros e reposicione-se imediatamente, prevenindo assim que o inimigo lhe dispare. Alternativamente, você pode enfrentar veículos já em confrontos, e apoiando a sua equipe a partir da segunda linha.

O mais refinado exemplo de um chamado ''glass cannon'', o SU-76M pode ser difícil de equipa, mas quando completamente equipado, pode desempenhar um papel significativo na batalha devido à sua boa arma. A pesquisa do seu sucessor leva ao SU-122, completamente fechado e com mais blindagem, e com um massivo morteiro de 122 mm.


SU-76M na História

Canhão autopropulsado SU-76M em Nizhny Novgorod, Rússia

Durante os anos entreguerras, o desenvolvimento de artilharia autopropulsada foi praticamente inexistente na União Soviética. Os poucos projetos, baseados nos chassis do tanque T-26 como o SU-1, AT-1 ou SU-26, foram eventualmente cancelados, o Exército Vermelho tinha entrado na Segunda Guerra Mundial sem um obus autopropulsado dedicado.

A situação mudou após a invasão alemã em 1941, e veículos baseados nos KV-1 ou T-34, como os SU-152 ou SU-122, foram desenvolvidos. Em novembro de 1942, o Comité de Defesa do Estado ordenou a produção de um obus autopropulsado leve, construído nos chassis de um tanque leve e armado com uma arma de 76.2 mm. Os chassis do tanque leve T-70 foi escolhido, pois outros tanques já tinham saído de produção. Os chassis, no entanto, tinham de ser modificados - foi alongado e um par de rodas foi adicionado. O armamento, uma arma M1942 de 76.2 mm (também designada de ZiZ-3), foi montada numa casamata completamente fechada - posicionada na traseira e com a transmissão montada frontalmente. O veículo foi designado de SU-76 (Samokhodnaya Ustanovka, Obus Autopropulsado), e a produção foi encomendada à Fábrica Nº 38 em Kirov, iniciando-se em dezembro de 1942. No entanto, apenas algumas centenas foram produzidas, a produção foi parada devido a problemas mecânicos e outros problemas. O sistema de locomoção consistia um dois motores GAZ-202, cada um providenciando uma esteira – no entanto, não havia nenhum sistema de sincronização, e o condutor tinha de controlar ambos os motores simultaneamente, o que era uma tarefa extremamente difícil. Este arranjo também causava fortes vibrações, o que eram a causa de frequentes falhas na transmissão e motor. O segundo maior problema foi o compartimento fechado, era muito apertado e oferecia muito pouco espaço para a tripulação trabalhar devidamente. O veículo tinha então de ser modificado - o teto do compartimento foi removido, melhorando o acesso à arma. O sistema de locomoção também foi modificado - o veículo recebeu motores mais potentes, os GAZ-203, cada um produzindo 85 cavalos, no qual foram montados em tandem no lado direito do veículo, propulcionando um único eixo. O modificado veículo foi designado de SU-76M, e a sua produção recomeçou nos primórdios de 1943.

No seu papel, o SU-76M substituiu tanques de apoio à infantaria iniciais, e foi muito bem vindo pelas unidades de infantaria, pois dei-lhes uma arma universal de apoio leve e móvel. O veículo era leve e produzia uma baixa pressão no solo, permitindo passar por terreno acidentado impróprio para veículos pesados, a sua ama podia usar uma multitude de munições - apesar das munições explosivas standart, também estavam disponíveis de fragmentação, estilhaços, incendiárias e de fumaça. Quando equipado com munições penetrantes, o SU-76M podia servir como um caçatanques leve, com a arma sendo satisfatória contra tanques leves e médios alemães como os PzKpfw III ou PzKpfw IV. A introdução das munições APCR e HEAT permitiram então às unidades dos SU-76M enfrentar os ainda mais pesados Panther e Tiger com algum sucesso. O veículo também provou ser eficaz em ambientes urbanos, onde foi usado como arma de assalto de fogo direto contra posições fortificadas. A casamata aberta tornou-o vulnerável a atiradores furtivos e a granadas de mão, mas também tornou a comunicação entre o comandante do veículo e a infantaria mais fácil.

Mais de 14 000 SU-76M foram produzidos entre 1942 e 1945. Após a guerra, o SU-76M foi desfaseado da produção, mas muitos deles foram exportados para outros países como China, Cuba, Vietname do Norte ou Checoslováquia.

Autor: Jan ''RayPall'' Kozák


Numa das atualizações futuras iremos introduzir o texto "Smely" :

Decalque feito por Branislav "InkaL" Mirkov


A Equipe War Thunder

Ler mais:
Ganhe o Churchill AVRE no Evento Operação Overlord!
Trabalhos de manutenção dia 19/06/2024
MPK Pr.11451: Ameaça de Água Rasa
  • 18 junho 2024
The Shooting Range #411
  • 17 junho 2024