War Thunder background

O ARL-44 é um projeto de carro pesado com única intenção de refrescar os conhecimentos dos engenheiros franceses ao nível do desenvolvimento de carros blindados. Embora fosse desenvolvido demasiado tarde, conseguiu alcançar esse objetivo e servir como um ponto de partida para outros projetos mais emblemáticos.

História

O desenvolvimento do ARL-44 começou logo após a Libertação da França em 1944. O governo provisório queria reestabelecer o poder e influência da França para o que era antes da guerra. Isto envolvia, entre outros setores, todos os ramos das forças armadas. A situação era um pouco desesperante para o exército, pois muito do equipamento próprio era dos anos 30 e o mais avançado da altura estava atrás do da Alemanha. O Ministério da Guerra decidira remediar este problema iniciando a produção de um chamado carro de combate de transição. Este projeto tinha como objetivo aumentar o número de carros disponíveis, reutilizar os equipamentos existentes e o mais importante, providenciar aos engenheiros franceses as ferramentas para testarem novas abordagens e ganhar experiência para desenvolvimentos futuros. Com isto, em Novembro de 1944 foi tomada a decisão de desenhar um novo carro de combate pesado com especificações relativamente modestas. Pessoal de várias construtoras foram atribuídos a este projeto para trabalhar no que se iria tornar o ARL-44.

 

Inicialmente o novo carro necessitava de, para além de usar componentes já existentes, ter 30 toneladas, a espessura máxima de 60 mm e uma arma de 75 mm. Como os engenheiros estavam limitados ao nível da utilização de componentes existentes para as suas máquinas, ficou rapidamente aparente que a inovação que pretendiam era limitada. Com isto, o ARL-44 começou a parecer-se com o Char B1, com a exceção da torre e arma. O desenho sofreu várias alterações,deste uma aumento na espessura da blindagem, um novo motor e um novo canhão de 90 mm. Nesta altura, o desenvolvimento e produção limitada do ARL-44 foi apenas usada para propósitos de propaganda, com o objetivo de aumentar a moral dos franceses no pós-guerra. No final, apenas 60 ARL-44 foram construídos, e logo a seguir a entrarem sem serviço, foram retirados devido a um não surpreendente baixo desempenho para os anos 50. Apesar disto, o projeto atingiu um dos seus principais objetivos - dar experiência aos engenheiros para uma nova geração de desenhistas de carros de combate. Graças à experiência ganha de projetos como o ARL-44, a França construiria em breve o seu verdadeiro e primeiro MBT, a prova que o ARL-44 não foi desenvolvido em vão.

image
image

No War Thunder, o ARL-44 vai ser um carro de combate pesado no nível IV da nova árvore de blindados franceses. Embora seja relativamente antiquado, fazendo pensar que é um tanque desenhado do período do pré-guerra, e com isso inferior, não se deixe enganar, esse pensamento errado vai deixar uma mensagem de ''Alvo sem danos'' na tela. Para ser verdadeiro, o ARL-44 é um mestre da decepção. Esta qualidade deve-se em parte ao seu potente canhão de elevada velocidade de 90 mm, capaz de lidar com a maioria das ameaças que enfrenta. Apesar de partilhar a aparência com o seu primo Char B1, o ARL-44 está protegido por muito mais blindagem, o casco chega aos 120 mm de blindagem, e a torre não vai muito mais longe, 110 mm. Devido ao facto da torre do ARL-44 ser feita de aço fundido, nenhuma fábrica era capaz de manufaturar uma torre daquela forma na altura, os engenheiros franceses vieram com uma solução para resolver este problema. Eles reutilizaram placas dos couraçados Dunkerque, que tinham sido abatidos em 1942 em Toulon, soldaram-nas e formaram a torre do ARL-44.

 

Embora a blindagem e poder de fogo aumentassem ao longo do desenvolvimento do ARL-44, a mobilidade deixou muito a desejar. Um problema que ocorreu logo no inicio do seu desenvolvimento devido ao uso de sistemas complexos e desatualizados deixou uma marca no projeto. Estes dois fatores limitaram a velocidade do ARL-44 aos 30 km/h em estrada. O motor escolhido também não foi o ideal. Com a instalação do motor de 600 cavalos Maybach HL 230, conseguia alcançar a sua velocidade máxima, mas o baixo rácio potência/massa significava que a aceleração era muito reduzida. Quando usar o ARL-44, os tanqueiros deverão manter em mente estas limitações. O planeamento das táticas de forma antecipada com objetivo de minimizar as suas limitações, é crucial. Mesmo assim, mover de posição em posição, é inevitável em batalhas terrestres. O ARL-44 pode ser lento, mas chega lá!

O ARL-44, apesar das suas limitações, é uma força formidável nos camos de batalhas do War Thunder. A sua blindagem e arma vão torna-lo muito atrativo em relação a outros companheiros muito mais leves. O ARL-44 vai chegar ao jogo já na próxima atualização 1.75 La Résistenance, juntamente com outros carros franceses. Fique atento às notícias acerca da próxima atualização! Até mais!

Bundles Pré-compra


Devblogs:

Ler mais:
Battle Pass: P-51C-11-NT Mustang (China)
Battle Pass: USS Flagstaff
  • 17 abril 2024
RN Bolzano: O Último Cruzador
  • 18 março 2024
Imperial Flagship: SMS Baden