War Thunder background
PzKpfw KV-1B 756(r)
Atenção! Esta notícia foi publicada na versão antiga da página. Pode haver problemas com a mostragem da mesma em certas versões do navegador.

1280x1024 | 1920x1080


O PzKpfw KV-1B 756(r) no War Thunder

No War Thunder, o PzKpfw KV-1B 756(r) é um tanque pesado alemão Premium de Patente 3 e Classificação de Batalha de 5.3. Por ser um veículo Premium, ele vêm com todas as modificações já pesquisadas (incluindo a munição). Pesando 47,5 toneladas, têm velocidade máxima de 37 Km/h, alcançada em 15 segundos em superfície plana. Possui rotação de torre de 12º por segundo, e um tempo de recarga de 6.2 segundos com um carregador completamente treinado.

Vista de Raio-X do PzKpfw KV-1B 755(r)​

Sua blindagem frontal tem 75 mm de espessura inferiormente (inclinada em 26º) e superiormente (inclinado à 30º), com uma placa de 40 mm inclinada em 72º entre elas. A blindagem lateral não inclinada de 75 mm de espessura, enquanto a blindagem infero posterior possui 70 mm com 14º de inclinação (a superior a esta possui 60 mm). Placas de 25 mm adicionais foram aplicados às blindagens frontais inferior e superior, totalizando 100 mm de blindagem. Três outras placas de 25 mm protegem o anel da torre. A blindagem da torre tem 105 mm em todas as direções, com a mantlet do canhão possuindo 50 mm de blindagem. A cúpula do comandante possui uma espessura de 50 mm em todas as direções, e a blindagem no topo do chassi têm 30 mm de espessura, e 40 mm no topo da torre.

Em relação ao poder de fogo, o tanque está armado com um canhão de 7,5 cm KwK 40 L/48. Com a munição base Pzgr.39 APCBC, a uma distância de 10 metros esta arma penetra até 136 mm de blindagem, 123 mm contra uma blindagem a 30º e 51 mm contra uma blindagem a 60º. A 1000 m de distância, a penetração diminui para 109 mm (blindagem reta), 98 mm (a 30º), e 41 mm (a 60º) respectivamente, enquanto na distância máxima de 2000 metros, a penetração é de 86 mm (blindagem reta), 77 mm (a 30º) e 32 mm (a 60º). Alternativamente, você pode usar a munição Pzgr.40 APCR, permitindo uma maior penetração à curtas e médias distâncias (até 177 mm), mas pior penetração em superfícies inclinadas e à maiores distâncias. O terceiro tipo de munição disponível é o Hl.Gr.38B HEAT, capaz de penetrar 80 mm (blindagem reta), 69 mm (à 30º) e 39 mm (à 60º) respectivamente à todas as distancias em troca de velocidade do projétil. Como armamento secundário, o tanque é equipado com uma metralhadora coaxial MG 34 calibre 7.92 mm com 4350 cartuchos, enquanto a munição para o armamento principal é 80 cartuchos.

Este tanque é às vezes apelidado “Baby Tiger” apesar de ser basicamente um tanque soviético, o apelido é apropriado. A blindagem frontal é na verdade melhor que a do Tiger (mesma espessura, mas inclinada em 30º), e quando angulada apropriadamente, pode ser muito resistente ao fogo inimigo. Adicionalmente, a transmissão montada posteriormente significa que você não precisa se preocupar com o tanque sendo imobilizado devido a penetrações frontais. Além disso, o desempenho da arma KwK 40 é completamente adequada em sua classificação de batalha, mesmo com a munição básica, já que pode penetrar confiavelmente a maioria absoluta de sua oposição, e quando mirada em pontos fracos, ela pode destruir qualquer tanque inimigo que encontrar. Do mesmo jeito que com o Tiger, não tenha a impressão que você é invencível! Tiros no flanco são extremamente perigosos para você devido aos seus tanques de combustível, grandes e frágeis, ocupando o espaço atrás da blindagem lateral, são propensos à pegarem fogo ou explodir. O mantelete do canhão possui somente 50 mm de espessura, e apesar de ser um alvo pequeno, mesmo armas pequenas irão penetrar o local, incapacitando sua tripulação e arma, ameaçando ainda uma detonação de sua munição armazenada na torre. Devido à isso, é recomendado que você reduza sua carga de munição antes de se juntar à batalha para remover os cartuchos da torre e diminuir as chances de uma explosão da munição. Quando se deparar com este tanque do lado inimigo, é recomendado atirar na janela de visão do motorista, pois lá não se utiliza o aplique de 25 mm extra.

Com ótima blindagem, bom poder de fogo para sua Classificação de batalha, e boa mobilidade para um tanque pesado, o PzKpfw KV-1B 756(r) é definitivamente digno as GE gastas e irá lhe oferecer um tanque pesado agradável, garantindo um ganho extremo de PP e SL devido a ser premium.



O PzKpfw KV-1B 756(r) na História

Quando o exército alemão encontrou o tanque pesado soviético KV-1 em 1941 durante os estágios iniciais da operação Barbarossa, tiveram uma experiência chocante. Estes gigantes soviéticos eram impenetráveis às armas alemãs de 3,7 cm, 5 cm, e 7,5 cm de cano curto, enquanto o KV-1 despachava qualquer tanque alemão à distância com facilidade. Mas a maré mudou com o advento do tanque médio PzKpfw IV Ausf.F2  e da arma de assalto StuG III Ausf.F, ambos armados com a nova arma de 7,5 cm KwK 40 L/43. Este canhão era capaz de penetrar a armadura frontal do KV-1 em distâncias de combate, finalizando a superioridade soviética. Os soviéticos responderam com várias novas variantes do KV-1 em uma tentativa de reforçar a blindagem frontal (modelos 1941 e 1942), ou para melhorar a mobilidade em troca de blindagem mais leve (KV-1S). Apesar destas tentativas, o KV-1 começou a ficar obsoleto, e eram gradualmente removidos do serviço a favor dos novos tanques pesados série IS com armamento e blindagem melhores.

Durante ferozes combates entre blindados na frente oriental, os alemães foram capazes de capturar muitos KV-1, a maioria abandonada pela tripulação devido a falhas mecânicas ou danos sofridos em combate. Os alemães eventualmente consertaram estes tanques, pintaram com sua camuflagem e foram usados contra os soviéticos sob a designação PzKpfw KV-1A 753(r) (para modelos 1941 capturados) ou PzKpfw KV-1B 755(r) (modelo 1942). A maioria dos tanques era utilizada com seu armamento original, mas a decisão foi feita para modificar os KV-1 capturados instalando armas alemãs e outras modificações. O resultado foi designado PzKpfw KV-1B 756(r) e foi baseado no KV-1 modelo de 1942 com uma torre fundida e apliques de 25 mm de blindagem. O canhão soviético de F-34 de 76,2 mm foi removido, e o canhão alemão KwK 40 L/43 de 7,5 cm foi colocado no lugar junto ao novo design de mantelete vindo do tanque médio PzKpfw IV Ausf.G - isto mudou significativamente o poder de fogo do tanque. Outras mudanças incluíram a cúpula do comandante, vinda do tanque PzKpfw IV com uma escotilha de duas partes, ventilador no topo da torre retirada do tanque médio T-34 mod. 1942, e uma cesta de utilidades no deque traseiro.

Somente um PzKpfw KV-1B 756(r) foi produzido. Ele foi anexado ao 204º Regimento Panzer, uma parte da 22ª Divisão Panzer, e foi utilizado operacionalmente em 1943 na batalha de Kursk. Seu destino é desconhecido.

Autor: Jan "RayPall“ Kozák


Numa das atualizações futuras iremos adicionar o
"Emblema da 22ª Divisão Panzer" ao War Thunder:

Criado por Branislav "InkaL" Mirkov


Você já possui este maravilhoso KV-1B 756(r) no seu hangar?
Deixe um comentário da sua experiência!


Leia mais acerca do PzKpfw KV-1B 756(r) na nossa wiki

Ler mais:
Caixa de Ferramentas!
  • 8 abril 2024
Mad Thunder: Rage and Loot!
Evento Inferno Cannon - PLZ 83-130!
Battle Pass: P-51C-11-NT Mustang (China)