War Thunder background
Marinha francesa - Cruzador Leve Duguay-Trouin

A Duguay-Trouin é o navio líder da sua classe de cruzadores leves construídos para a marinha francesa após a Primeira Grande Guerra. Este não é apenas o primeiro navio capital francês pós primeira guerra, mas também o primeiro da árvore francesa do War Thunder!

Briefly: A highly mobile French interwar light cruiser, sporting excellent firepower but very limited protection.

Duguay-Trouin, Cruzador leve, França, Nível III. Premium, Pacote.

Ativos:

  • Armamento primário poderoso
  • Excelente mobilidade
  • Armamento secundário versátil
  • Proteção muito leve
  • Hidroavião de reconhecimento
História

Após a Primeira Grande Guerra, os desenhistas navais franceses começaram a trabalhar em um novo desenho de cruzador para combater os navios italianos que eram vistos como os principais adversários em um potencial futuro conflito. No entanto, como os trabalhos estagnaram no começo dos anos 20, tornou-se possível comparar o desenho francês com os de outras nações. Com um interesse particular no Classe Omaha norte americano, os construtores franceses reviram seus desenhos e eventualmente fizeram quatro esboços.

Em 1922, um dos desenhos foi selecionado para construção apesar dos desenhistas quererem melhorar ainda mais o navio. Eventualmente a marinha francesa ordenou a construção de três navios que começou pouco tempo depois. A Duguay-Trouin foi a líder da classe e foi o primeiro navio capital francês construído após a guerra e de acordo com classificação e standard modernos. Após um ano de trabalhos de construção, a Duguay-Trouin foi lançada à água em Agosto de 1923 e entrou em serviço no final de 1926.

Durante o período entre-guerras, a Duguay-Trouin serviu principalmente no Mar Mediterrâneo e chegou a ir à Indochina nos anos 30. Vários anos mais tarde participou em patrulhas internacionais no âmbito da proteção de navios mercantes durante a Guerra Civil Espanhola. Na Segunda Grande Guerra esteve internado no porto de Alexandria após a queda da França em Junho de 1940. No entanto, após voltar a juntar-se às forças aliadas em 1943 o navio foi modernizado várias vezes e participou nos desembarques no sul de França em Agosto de 1944. No começo da Guerra Fria continuou a servir a França e participou na Guerra da Indochina em 1947, operando a partir de Saigon durante vários anos até ser descomissionada e vendida para sucata em 1953.

Pré-reserva - Pacote Duguay-Trouin
The Kit Includes:
  • Classe Duguay-Trouin, Duguay-Trouin, 1944 (Nível III, França);
  • 2000 Golden Eagles;
  • Conta premium para 15 dias;
  • Bónus de pré-reserva: Título exclusivo “Breton corsair”;
  • Bónus de pré-reserva: Decalque Corsair;
  • Bónus de pré-reserva: Ícone de perfil de capitão de cruzador francês.

No War Thunder, a Duguay-Trouin será um dos primeiros navios de alto mar franceses e disponível via pré-reserva. Considerando que é um navio topo de gama no seu tempo com uma excelente combinação de poder de fogo e mobilidade, o navio irá oferecer a seus capitães um conjunto de capacidades únicas muito em breve!

image

Ícone de perfil de capitão de cruzador francês

image

Decalque Corsário

Ao ser comissionado, os navios da Classe Duguay-Trouin foram os primeiros cruzadores do mundo com uma distribuição torres em linha e acima do convés.

Apesar de ser um cruzador inicial, a Duguay-Trouin tem um arsenal formidável, particularmente com sua bateria de 155 mm. O navio será introduzido no War Thunder na sua versão do final dos processos de modernização da Segunda Grande Guerra, o que significa que terá um pacote de armamento secundário respeitável. Por exemplo, o navio está equipado com quatro canhões multifunções de 75 mm assim como como seis Bofors de 40 mm e vinte Oerlikons de 20 mm!

No entanto a Duguay-Trouin não é apenas um cruzador leve bem armado, mas também extremamente ágil! Como está equipado com quatro turbinas a vapor com um total de 102 000 cavalos de potência, o navio consegue alcançar os 33 nós de velocidade. A proteção acabou sendo o calcanhar de aquiles e pode ser vista como apenas simbólica. Com apenas 30 mm de espessura em placas chave para proteger os componentes mais vitais, a Duguay-Trouin é vulnerável até a tiros diretos de contratorpedeiros a quase todas as distâncias. Os capitães não poderão tomar riscos desnecessários e expor seu navio ao fogo inimigo. Em vez disso deverão assistir os aliados a avançar e providenciar tiro de suporte preciso para afundar os inimigos o mais rapidamente possível.

O cruzador leve Duguay-Trouin está disponível para acesso antecipado à beta da marinha francesa, que planeamos introduzir após o lançamento da atualização Sky Guardians. O pacote de acesso antecipado também dá bónus de pré-reserva, que estão disponíveis apenas antes do começo da open beta e permite treinar tripulações imediatamente. Tal como o contratorpedeiros Aigle, o cruzador Duguay-Trouin terá três respawns nos modos arcada e realístico antes dos testes começarem.

Ler mais:
F-4F KWS LV (ICE): Frio e Calculista!
  • 12 junho 2024
Acesso Antecipado da Marinha Costeira Francesa: O VLT-2!
  • 11 junho 2024
Namer 30: Gato do Deserto
  • 10 junho 2024
Pré-reserva: MiG-21 Bison