MiG-23M e aviação de Nível VII

Nível VII

Com o lançamento da próxima atualização Red Skies vamos introduzir o nível VII da aviação, com alguns aviões que já estão no jogo e novos e mais avançados. O BR também vai expandir para 11.0. Estas alterações vão tornar as batalhas realísticas mais equilibradas ao mesmo tempo que adicionamos novos aviões como melhores características de voo e de combate. As alterações aos aviões existentes podem ser revistas na tabela abaixo.

  • F-4E Phantom II
    — Movido do nível VI para VII
  • A-7D
    — Movido para após o AV-8C do nível VI para VII
  • MiG-21MF
    — Movido do nível VI para VII
  • MiG-21SMT
    — Movido do nível VI para VII
  • MiG-21bis
    — Movido do nível VI para VII
  • Su-17M2
    — Movido do nível VI para VII
  • Yak-38
    — moved from rank V to VI
  • Phantom FGR.2
    — Movido do nível VI para VII
  • Phantom FG.1
    — Movido do nível VI para VII
  • Harrier GR1
    — Movido do nível V para VI
  • AV-8A
    — Movido do nível V para VI
  • F-4EJ Phantom II
    — Movido do nível VI para VII
  • F-104G
    — Movido do nível VI para VII
  • F-5A
    — Movido do nível VI para VII
  • Mirage IIIC
    — Movido do nível VI para VII
  • Mirage IIIE
    — Movido do nível VI para VII
  • J35D
    — Movido do nível VI para VII
  • F-4F Early
    — Movido do nível VI para VII

MiG-23M, Caça a jato, URSS, Nível VII

Prós

  • Velocidade máxima mais elevada do jogo
  • Sistema de busca por IV
  • Mísseis R-23T

Contras

  • Poucos pontos de suspensão de armamento
História

Os trabalhos em um novo caça tático, o MiG-23, começaram em 1961 simultaneamente com o lançamento das primeiras versões de produção do MiG-21. Os requerimentos para o novo jato foram mudando constantemente, mas a ideia principal permaneceu, um caça com melhor armamento e mais rápido que o MiG-21 e capaz de decolar em pistas mais curtas. As prioridades do projeto estavam nas velocidade, taxa de subida e alcance operacional. As capacidades de combate dogfight ficaram de parte pois deixaram de ser um cenário regular. Os requerimentos para a durabilidade da fuselagem foram reduzidos significativamente para reduzir a massa total do avião. Para conseguir uma maior alcance operacional e um menor comprimento de pista para decolar, os engenheiros da TsAGI propuseram um esquema de asa de geometria variável - o MiG-23 tinha três posições de asa para diferentes modos de voo.

O primeiro MiG-23 com motores de 9.300 kgf entrou em produção em 1969. O primeiro MiG-23S demonstrou dificuldades nas decolagem e aterrissagem para além da ausência de um RADAR e sistema de navegação modernos. Em 1974 surgiu a modificação MiG-23M com motores mais poderosos, novo mecanismo da asa, melhor equipamento on-board e novos sistemas de armas. Esta modificação tornou-se a base de vários projetos de modernização e entrou em serviço nas forças aéreas soviéticas e em países estrangeiros na versão MiG-23MF, com RADIO e sistemas on-board simplificados.

image
image

Hoje, no aniversário do primeiro voo do MiG-23, estamos orgulhosos de anunciar a introdução deste lendário avião no War Thunder. O MiG-23M vai ser um dos primeiros aviões de nível VII e o mais rápido do jogo, ultrapassando ligeiramente os Phantom II e o Lightning. O MiG-23M tem asas de geometria variável com três posições distingas. O motor Khachaturov/Tumansky P29-300 possui uma potência com afterburner de 11500 kgf, projetando o avião a uma velocidade máxima de Mach 2.4 (quase 2500 km7h), e consegue manter um bom controle e uma manobrabilidade decente em todas as gamas de velocidade.

Para além das excelentes características de voo, o avião possui uma boa variedade de armamento guiado e não guiado, assim como armamento especializado. Para além das típicas bombas e foguetes, o avião possui mísseis ar-terra Kh-23M  também presentes no Yak-38, vários mísseis ar-ar incluindo os R-60, os novos R-23R e os R-23T guiados a calor. O sistema de busca e restreio de radiação IV do MiG-23M é capaz de capturar assinaturas térmicas de um motor a grandes distâncias, sendo capaz de lançar mísseis sem ser detetado pelo adversário. O armamento suspenso é complementado por dois autocanhões GSh-23L com 200 munições cada.

Quando comparado com o Phantom II - talvez o principal adversário do MiG-23 - o caça soviético tem menos pontos de suspensão para armamento, muito devido ao desenho da asa. A capacidade do MiG é relativamente inferior ao norte americano, mas a vantagem do MiG-23 está na superior velocidade máxima e nos mísseis R-23T com distância de lançamento superior. No entanto, o Phantom possui mais sistemas de armas, melhor taxa de subida e maior velocidade a altitudes mais baixas.

O MiG-23M e outros aviões do nível VII estão quase a chegara o War Thunder na atualização Red Skies!


A Equipe War Thunder

 

Arquivos de cookies

Esta página utiliza cookies. Ao continuar a aceder esta página, você concorda com a utilização de cookies.