War Thunder background
Duelos Aéreos: P-38 Lightning vs. Me.410
Atenção! Esta notícia foi publicada na versão antiga da página. Pode haver problemas com a mostragem da mesma em certas versões do navegador.

1280x1024 | 1920x1080 | 2560x1140


Do dia 27 às 15:00 h ao dia 30 às 09:00 h [Lisboa]

Do dia 27 às 13:00 h ao dia 30 às 07:00 h [Brasília]

Faça parte dos duelos entre os P-38 Lightning e o Me-410.
Destrua aeronaves inimigas e receba Caixas de Suprimentos.


Hoje os jogadores poderão tomar os céus e escolher ser Anjos da Guarda dos Flying Fortress ao pilotar um P-38, ou como um vigoroso caçador pilotando os vespões alemães, os Me410. no entanto, e se a história fosse diferente e os alemães tivessem os “Flying Fortress”?  Neste fim de semana preparámos uma missão onde os Me-410 irão proteger os seus bombardeiros enquanto os P-38 irão tentar abatê-los à velocidade dos trovões.

Nós preparámos várias missões especiais no qual o Me-410 e o P-38 irão ser atarefados de escoltar bombardeiros aliados para que possam destruir o inimigo.


Aeronaves participantes no especial:

  P-38G-1, P-38E, P-38L, P-38J, XP-38G   Me-410A-1, Me.410A-1U2, Me.410A-1U4, Me.410B-1, Me.410B-1U2, Me.410B-2U4, Me.410B-6R3
  • Velocidade elevada a altas altitudes
  • Taxa de subida decente
  • Tempo de viragem baixo                                                                                            
  • Grande cadência de tiro
  • Impressionante variedade de armamentos ofensivos- desde metralhadoras de 7.92 a canhões de 50 mm
  • Duas metralhadoras de 13 mm protegendo o hemisfério traseiro

Tarefas:

Pilotando a série P-38, destrua um total de 50 Me.410 inimigos e ganhe uma Caixa de Suprimentos! 
Pilotando a série P-38, destrua um total de 100 Me.410 inimigos e ganhe uma Caixa de Suprimentos! 
Pilotando a série P-38, destrua um total de 150 Me.410 inimigos e ganhe uma Caixa de Suprimentos! 

Pilotando a série Me.410, destrua um total de 50 P-38 inimigos e ganhe uma Caixa de Suprimentos! 
Pilotando a série Me.410, destrua um total de 100 P-38 inimigos e ganhe uma Caixa de Suprimentos! 
Pilotando a série Me.410, destrua um total de 150 P-38 inimigos e ganhe uma Caixa de Suprimentos! 

Caixas de suprimentos:

Ganhe Caixas de Suprimentos com prémios a cada 50 aeronaves abatidas: decalques, descontos em aeronaves premium americanas, back-ups e outros prémios valiosos!

Se destruir 150 aeronaves em 4 dias, é garantida a recepção de um conjunto de decalques!


1280x1024 | 1920x1080 | 2560x1140


P-38 versus Me 410

Com a atualização 1.53 “Firestorm” expandimos significativamente a linha dos P-38 Lighting. Neste momento, o avião está representado com cinco diferentes variantes: XP-38, P-38E, P-38G-1, P-38J e o P-38L. O "Lightning" foi criado pelo engenheiro americano Clarence Johnson. Entrou para sempre na história da aviação, muito devido ao seu desenho não tradicional de dois corpos paralelos.

Em outubro de 1943, os bombardeiros B-17 da Eighth Air Force americana atacaram a fábrica de rolamentos de esferas em Schweinfurt na Alemanha central. Sem escolta na fase final da missão, os bombardeiros tiveram pesadas baixas; 60 foram abatidos e mais 100 sofreram danos. Ficou conhecido como a "Black Thursday", ou Quinta-Feira Negra, a prova final que os bombardeiros sem escoltas não eram sustentáveis. A Luftwaffe também sofreu baixas, 31 caças foram abatidos pelos bombardeiros. A formação de combate em caixa dos B-17 apresentaram um formidável poder de fogo defensivo, o quebrar das formações tornou o ataque a bombardeiros individuais mais fácil.



A USAAF precisava de caças com alcance suficiente para escoltar bombardeiros até ao alvos, a Luftwaffe precisava de caças com rockets e canhões pesados para quebrar formações e destruir bombardeiros duros. Como resultado, a partir dos finais de 1943, os caças bimotores confrontaram-se nos céus da Alemanha: o caça de longo alcance Lockheed P-38 Lightning e o destruidor de formações de bombardeiros Messerschmitt Me 410 Hornisse (Hornet).

No jogo, as séries P-38 e Me 410 podem ser encontradas entre os níveis II e IV. Sendo caças bimotores, eles não possuem o desempenho dos caças monomotores. A melhor tática para usar contra outros aviões é a boom and zoom - a partir de altitudes superiores, mergulhe sobre um inimigo (todos os Me 410 e P-38 possuem freios para ajudar no controlo do mergulho), e abra fogo. Se não abater o seu inimigo, então continue a mergulhar até ficar fora do seu alcance antes de voltar a subir para altitudes superiores e repetir o processo - tenha cuidado e não suba demasiado cedo, o seu inimigo pode disparar novamente. Ter uma vantagem na altitude é a chave desta técnica, pelo que subir no inicio da batalha é crucial.



Ambos os P-38 e Me 410 possuem um poderoso armamento no nariz, ideais para confrontos frente a frente. Se um oponente se dirigir direito a si e a disparar a longas distâncias, a cerca de 1.5-2 km (1-1.2 milhas), então comece a fazer barrel rolls a cerca de 1 km (0.6 milhas) para evitar o fogo inimigo. Os ataques frente a frente são ariscados, mas se enfrentar um inimigo com desempenho superior, isto pode ser a sua melhor chance.

A série P-38 mantém o mesmo armamento enquanto ganha progressivamente melhores motores, pelo que o estilo de jogo genérico não muda muito entre as variantes. Eles desempenham-se bem contra caças inimigos, especialmente após desbloquear os melhoramentos, faça boom and zoom se conseguir, e use manobras verticais para preservar a energia. As versões mais tardias podem carregar bombas e rockets, mas isto piora o seu desempenho.



A série dos Me 410 são mais variadas, com significativas mudanças no armamento. As variantes tardias mais bem armadas são tipicamente ultrapassáveis pelos caças dos mesmos níveis, pelo que são mais apropriados para atacar bombardeiros que caças. O canhão de 50 mm da variante U4 pode causar um verdadeiro reboliço nos alvos terrestres e nos bombardeiros, mas torna o avião um pouco pesado e por consequência mais vulnerável a caças. A versão final, o Me 410 B-6/R3 possui um par de canhões de 30 mm MK103, estes são devastadores em ataques diretos, sendo o conjunto de munições para alvos blindados (HVAP) capazes de destruir muito facilmente tanques leves e médios (no caso dos tanques pesados aponte aos pontos fracos), tornando  o B-6/R3 um avião muito util para todas as funções.

Quando enfrentados, os P-38 da versão G para a frente mantêm a vantagem na velocidade e manobrabilidade; deverá evitar os confrontos diretos  com os mais blindados e armados Me 410, e procurar formas de confronto mais vantajosas. O Me 410, se não for capas de atacar head-on, possui alguns truques na manga: a aplicação dos freios de mergulho para causar o atacante a falhar, ''overshoot'', o que permite ter ângulo à próxima vez que passa pela sua frente. Também possui alguns artilheiros na traseira, mas o melhor é não confiar nestes para proteção, mas poderá sempre ser sortudo o suficiente. A vitória final do Ás James "Slick" Morris foi com um P-38 sobre um Me 410, mas o seu avião foi danificado por um artilheiro do Me 410, pelo que Morris foi forçado a sair da aeronave e foi capturado.



Em conclusão, a série P-38 é uma boa escolha para os pilotos norte americanos para desempenhar todas as funções, sendo um bom piloto capaz de enfrentar caças e bombardeiros médios. Suba no inicio do encotro, mantenha a altitude e velocidades elevadas, e tente não virar com oponentes  monomotores mais leves. Se gostar de caçar bombardeiros pesados ou alvos terrestres, o Me 410 oferece um conjunto de armamento temível; tente evitar os confrontos um para um com caças de energia, mas mantenha o olho aberto às oportunidades de atacar alvos distraídos.

Autor: John Moore

Leia mais acerca das aeronaves presentes no War Thunder na nossa página oficial!


A Equipe War Thunder

Ler mais:
Caixa de Ferramentas!
  • 8 abril 2024
Mad Thunder: Rage and Loot!
Celebre o Dia Internacional do Voo Espacial Tripulado com um Decalque Temático!
  • 12 abril 2024
Thunder Show: FIRE ARC
  • 12 abril 2024