SMS Kaiser

O SMS Kaiser foi o principal dreadnought da Marinha Imperial Alemã, construído antes da Primeira Grande Guerra estalar. Este veterano da Grande Guerra vai ser um dos principais navios da próxima atualização “Ixwa Strike”!

Resumo: Um dreadnought alemão com propulsão a turbina a vapor, blindagem espessa e um mortífero poder de fogo.

SMS Kaiser, Couraçado, Alemanha, Nível V.

Prós

  • Excelente proteção
  • Canhões de calibre elevado
  • Torpedos

Contras

  • Reduzida proteção antiaérea
  • Mobilidade reduzida
História

No virar do século, a Marinha Imperial Alemã encomendou cinco novos dreadnoughts para substituir os antigos couraçados das classes Siegfried e Odin. Os novos navios seria todos da Classe Kaiser com sistema de propulsão a turbina a vapor, uma novidade na marinha alemã.

O Kaiser, o principal navio da classe, foi lançado à água em Kiel em Dezembro de 1909 e comissionado em Agosto de 1912. Após treinamento da tripulação e participação em vários exercícios navais. o Kaiser, o König Albert da mesma classe e o cruzador Strassburg foram enviados para o sudoeste de África e América do Sul para testar o novo sistema de propulsão e sua fiabilidade. A flotilha regressou a Kiel em Junho de 1914.

Após a Grande Guerra estalar, o Kaiser participou em todas as principais operações navais do conflito. Isto incluiu a famosa Batalha de Jutland em 1916, onde o Kaiser aguentou dois tiros diretos sem sofrer danos substanciais. Mais tarde na Operação Albion bombardeou as posições russas na costa do Mar Báltico e afundou o contratorpedeiro Grom.

Com a rendição da Alemanha em Novembro de 1918, parte da armada incluindo o SMS Kaiser, ficaram retidos na base naval britânica de Scapa Flow. O comandante Ludwig von Reuter, acreditando que a marinha seria capturada pelos britânicos, ordenou o abate de toda a flotilha em 21 de Junho de 1919. O Kaiser foi eventualmente recuperado em 1929 e vendido para sucata nos anos 30.

image
image

No War Thunder, o SMS Kaiser vai entrar na árvore naval alemã com a atualização “Ixwa Strike”. Muito bem protegido e equipado com canhões de elevado calibre tanto primários como secundários, o Kaiser é um verdadeiro monstro dos mares temido por todos os que o enfrentem.

O armamento primário consiste em dez canhões de 305 mm divididos em cinco torres duplas. Embora não pareça muito à primeira vista, o Kaiser possui um ângulo de disparo muito curto em que pode disparar todas as armas ao mesmo alvo, dando ao capitão a oportunidade de largar toda sua fúria. Por outro lado, isso significa que terá de expor totalmente o bordo, reduzindo a eficácia da blindagem.

Para os que ousem chegar demasiado perto, o Kaiser possui uma surpresa desagradável à espera na forma de 7 canhões de 150 mm em cada bordo e um total de 12 canhões de 88 mm. 

Por último, o Kaiser tem um último truque na manga, cinco torpedos submersos de 500 mm, um deles na proa, e embora esteja em uma posição fixa, esta arma pode de facto apanhar um adversário desprevenido.

O SMS Kaiser está muito bem protegido, típico de navios de sua classe. O cinturão possui blindagem entre os 180 e os 350 mm de espessura e a tripulação totaliza os 1084 marinheiros. Embora o navio consiga suster muito dano e o poder de fogo seja muito grande, o preço a pagar pode ser visto na mobilidade. Com um total de 28000 cavalos de potência gerada por suas turbinas a vapor, o Kaiser apenas consegue alcançar os 23,4 nós.

O SMS Kaiser vai reforçar a armada alemã no War Thunder em breve, e será um dos principais navios da atualização “Ixwa Strike”. Entretanto continue de olho nas notícias para saber tudo em primeira mão!


A Equipe War Thunder

 

 

Arquivos de cookies

Esta página utiliza cookies. Ao continuar a aceder esta página, você concorda com a utilização de cookies.