War Thunder background
USS Phelps

O primeiro contratorpedeiro líder, o Phelps com armamento antiaéreo reforçado será uma recompensa da segunda época da Guerra Mundial.

image
image
História

Nos anos 20, os EUA acabaram por ter uma pressão enorme para adquirir os chamados contratorpedeiros líder, navios estandarte com maiores dimensões para as flotilhas de contratorpedeiros. Na altura quando os militares estavam tentando convencer o governo norte americano acerca da necessitade destes navios, e como o governo argumentava que o país já tinha números suficientes de contratorpedeiros padrão, deu-se a Conferência Naval de Londres para discussão do desarmamento naval. A conferência estabeleceu um limite de 1850 toneladas para contratorpedeiros líder, o que desencadeou o desenvolvimento de um novo navio que entrasse em conformidade com o tratado. Desenhos preliminares ficaram prontos em Novembro de 1930. Após quase 18 meses de sonsutas e negociações, o desenho final foi aprovado com um deslocamento de 1850 toneladas, oito canhões de 127 mm, dois conjuntos duplos de 28 mm “Chicago pianos”, dois lançadores quadruplos de torpedos e uma blindagem de apenas meia polegada. Todos os oito contratorpedeiros planeados foram construídos e e entraram em serviço até 1937.

A realidade da guerra revelou vários defeitos nos novos contratorpedeiros, o mais significativo foi o fraco armamento antiaéreo. Os canhões de 127 mm não eram universais, e o poder dos Chicago Pianos era inadequado para defender o navio dos ataques aéreos. Os navios da Classe Porter foram modernizados duas vezes com objetivo de melhorar o poder de fogo dos mesmos. Em 1944, os navios eram já bastante diferentes. Primeiro, as obsoletas armas foram substituídas por armas multifunções, e seu número foi reduzido para cinco em distribuídos por três torres. O navio ganhou uma bateria antiaérea formidável - uma montagem simples e duas duplas de Bofors de 40 mm, seis Oerlikons de 20 mm e metralhadoras de calibre elevado. Para além do armamento, o convés também foi transformado, a ponte foi alterada, a altura da superestrutura traseira foi reduzida e torpedos de reserva foram removidos. Os navios da Classe Porter serviram assim até serem descomissionados no inicio do período do pós-guerra.

Nós estamos orgulhosos de apresentar um dos típicos navios da Classe Porter - o Phelps. Este contratorpedeiros será dado como recompensa aos participantes da nova época da Guerra Mundial. O Phelps vai certamente mostrar o seu valor no nível III da armada norte americana. O armamento primário é composto por cinco canhões de 127 mm - uma das melhores armas deste calibre no jogo neste momento.

Download Wallpaper:

O armamento de torpedos e anti-submarino também não se fica atrás, com torpedos de 533 mm e um lançador de cargas de profundidade. O Phelps consegue alcançar uma velocidade respeitável. O armamento antiaéreo merece uma menção especial.

O Phelps mantém os céus limpos com uma orquestra de canos de vários calibres: autocanhões de 40 mm Bofors, 20 mm Oerlikon e metralhadoras bem posicionadas no convés e superestruturas de forma a ter ângulos de ataque bastante abrangentes.

O Phelps é um contratorpedeiro líder bem armado e adequado para se defender de ataques aéreos. O navio vai dar horas de jogo divertido e sem limitações que causem distrações sérias aos comandantes. Um dos melhores da sua classe.


A Equipe War Thunder

Ler mais:
Opção de Equipes Menores nas Batalhas Realistas Aéreas
  • 27 maio 2024
XM800T: Destemido
  • 24 maio 2024
FOX-3: Mísseis de Radar Ativo
  • 24 maio 2024
Inferno Cannon: PLZ83-130
  • 24 abril 2024